SAMU de Mogi realiza treinamento sobre primeiros-socorros para equipe da UNICAFISIO

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (SAMU) de Mogi das Cruzes realizou nesta segunda-feira, dia 11/12, um treinamento sobre primeiros-socorros para a equipe da UNICAFISIO (Unidade Clínica de Fisioterapia e Reabilitação). A capacitação ocorreu na própria unidade de fisioterapia e contou com a participação de todos os profissionais que atuam no local, tanto do setor assistencial quanto do setor administrativo.

A coordenadora da UNICAFISIO, Luriana Toledo, destacou que o objetivo é deixar os colaboradores preparados para atender uma possível ocorrência. “Todos nós temos que estar aptos para oferecer o suporte necessário ao idoso que sofrer algum tipo de acidente ou que tenha uma indisposição”, contou.

Além do treinamento, Luriana contou que outras medidas estão sendo adotadas a fim de atender de forma mais rápida um caso de urgência. “Instalamos campainhas em alguns pontos de referência, como na piscina. Caso algo aconteça, quem estiver próximo pode prestar o atendimento e, imediatamente, acionar apoio, sem a necessidade de deixar o local”, afirmou.

O enfermeiro Jefferson Azevedo Oliveira, coordenador do Núcleo de Educação Permanente (NEP) do SAMU, e o enfermeiro Fabio Caxico foram os responsáveis por ministrar o curso de primeiros-socorros. “Se o atendimento no primeiro local for efetivo, o estado de saúde da vítima dificilmente será agravado”, afirmou Oliveira.

“Esta capacitação mostra o que acontece com a vítima quando tem uma convulsão ou sofre uma queda, por exemplo, e como o atendimento deve ser realizado”, contou Oliveira. “Também é importante que a equipe saiba quais serão as rações da vítima, assim, evite manobras intempestivas”, detalhou o enfermeiro.

O curso contou com a parte teórica e atividades práticas. Houve simulações de situações reais, como convulsões, que contaram com a participação dos próprios alunos, no papel de vítimas. Entre os temas abordados estiveram o atendimento a convulsões, paradas cardiorrespiratórias, obstrução das vias aéreas por corpo estranho (Ovace), queda/trauma, entre outros. A carga horário foi de oito horas.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of