Psicólogos do Hospital Regional de Marabá apontam cuidados para manter a saúde mental em meio ao Coronavírus

O surgimento do coronavírus transformou a rotina de muitos brasileiros. Pessoas de quarentena ou no isolamento, outros trabalhando home office, o distanciamento de pessoas queridas, e o exagero de informações falsas “Fake News”, tem causado efeitos psicológicos negativos na sociedade.
Para ajudar a enfrentar esse momento tão delicado, psicólogos do Hospital Regional do Sudeste Dr. Geraldo Veloso em Marabá (Pa), gerenciado pela Pró-Saúde, indicam alguns cuidados necessários que devemos ter, para manter uma boa saúde mental em meio ao Covid19.

Segundo o analista de treinamento e desenvolvimento do HRSP, o psicólogo Arthur Zanelli é fundamental que cuidemos de nossa saúde mental nesse período de isolamento, com atitudes positivas que auxiliem à superar esta pandemia.” Para quem esta em isolamento é necessário que seja criado um ambiente favorável em casa, para a passar o tempo, criando uma rotina saudável e se dedicando a ações que sempre gostou de fazer e não tinha tempo, como ouvir música, ler um livro, praticar exercícios físicos, dentre outros mecanismos que irão ajudar você a afastar a ansiedade, contribuindo assim para que esse período não seja encarado como “cárcere””, explicou.

Para a psicóloga clinica do HRSP Nailsa Oliveira, com o Covid19 muitas pessoas estão desenvolvendo inúmeros sintomas psicológicos como o aumento do estresse, depressão, insônia, dificuldade de concentração, irritabilidade, dentre outros efeitos que estão prejudicando a saúde. “Devemos nos reorganizar e adaptarmos a essa mudança, com resiliência e equilíbrio emocional. Precisamos nos ajustar a essa situação de crise, ficar em casa não é simples para quem era acostumado a uma rotina intensa, portanto aproveite esse momento para se Reconhecer, Readaptar e se Reinventar”, afirma.

De acordo com Luciana Silva psicóloga clinica do HRSP, devido as incertezas a respeito desse novo vírus, é normal que nossa saúde mental seja um pouco abalada com essa ameaça que é apresentada diariamente, no entanto não pode haver desespero, que contribui para que seja negligenciados cuidados básicos que devemos adotar. “Devemos nos alimentar bem e beber bastante aguá, utilize ás técnicas de respiração, se tiver medo lembre dos momentos difíceis que já superou, separe o que você pode controlar, do que não pode, e se precisar busque ajuda profissional há muitos realizando atendimentos online”, explicou.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) listou algumas medidas necessárias para se combater o estresse gerado em decorrência da pandemia do Covid-19. As orientações da OMS visam especificamente a população em geral; profissionais de saúde; gerentes de unidades de saúde; prestadores de cuidados infantis; idosos, prestadores de cuidados e pessoas com condições de saúde pré-existentes; e aqueles que estão isolados para tentar conter a propagação da pandemia.

O Regional de Marabá é uma unidade do governo do Estado do Pará, que presta atendimento 100% gratuito, referência em atendimento de média e alta complexidades para 22 municípios paraenses.

Cuidados com a saúde mental

• Seja empático com todos aqueles que são afetados, dentro e provenientes de qualquer país;
• Atualize-se apenas em fontes confiáveis e em horários definidos uma ou duas vezes por dia;
• Mantenha uma rotina diária de leituras profissionais e pessoais;
• Faça atividades físicas regularmente em casa;
• Encontre formas de ser otimista e propague essa idéia;
• Ajude as crianças a expressarem, de forma positiva, seus medos e ansiedades.
• Homenageie e aprecie o trabalho dos cuidadores, e dos agentes de saúde que estão apoiando os afetados pelo novo coronavírus em sua região;
• Se você tem alguma doença ou síndrome, certifique-se de que seus medicamentos estão disponíveis para uso. Ative ainda seu grupo de amigos para pedir ajuda caso necessário.
• Para os profissionais da saúde, o gerenciamento da sua saúde mental e o seu bem-estar psicossocial, durante este momento é crucial para que você possa manter sua saúde física também.

Sobre a Unidade

O Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso (HRSP) é referência em atendimento de média e alta complexidades para 22 municípios paraenses. A unidade conta com 115 leitos, sendo 77 de Unidades de Internação e 38 de Unidades de Terapia Intensiva. Possui perfil cirúrgico e habilitação em Traumato-ortopedia pelo Ministério da Saúde, oferecendo atendimento gratuito em diversas especialidades, entre elas Cardiologia, Cirurgia Buco-maxilo-facial, Cirurgia Pediátrica e Neurocirurgia, além de um Centro de Hemodiálise com 22 máquinas. A unidade é gerenciada pela Pró-Saúde, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (SESPA).