Palestra motivacional alerta para a prevenção do câncer no IEC

“Você não sabe a força que tem até que sua única alternativa é ser forte”, esta foi a principal mensagem passada pela enfermeira Iohana Salla durante palestra sobre prevenção do câncer realizada nesta segunda-feira, 17/10, no Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (IEC), no Rio de Janeiro (RJ). Acometida de um câncer de mama aos 30 anos, ela agora trabalha na Fundação do Câncer e promove encontros motivacionais mostrando principalmente que vencer a doença é possível.

Após descobrir um tumor pelo autoexame, menos de um ano depois de uma mamografia que não o detectou, Iohana passou por uma mastectomia total em seis cirurgias, 16 sessões de quimioterapia e 25 de radioterapia. “O câncer é um estigma, ele muda a sua identidade. As pessoas se compadecem de você por causa da sua cabeça raspada, e o equilíbrio psicológico é fundamental neste momento”, comentou.

Em sua palestra, Iohana passou dados alarmantes sobre a doença no País, como o número de mortos no ano de 2013: 189.454. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o tabagismo é a maior causa de morte “evitável” no mundo, sendo responsável por 10 mil óbitos, diariamente.

Iohana também comentou sobre os hábitos diários que podem prevenir a doença. “Uma alimentação saudável e a prática regular de exercícios físicos podem prevenir 30% dos casos de câncer. A obesidade, assim como o histórico familiar, é um importante fator de risco para a doença. O corpo dá sinais, mas acostumamos a nos negligenciar. Uma dor nas costas, na cabeça, pode ser um sintoma. Oitenta por cento dos casos de tumores sólidos são curáveis se detectados no seu estágio inicial”, destacou a enfermeira

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of