OAB Mulher promove a palestra “A Valorização da Mulher” no IEC

Igualdade salarial, respeito às liberdades, mercado de trabalho e família. Esses foram alguns dos tópicos abordados pela advogada Tânia Rosa Pereira, membro da comissão OAB Mulher, na palestra “A Valorização da Mulher”, ministrada no Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (IEC), no Rio de Janeiro (RJ), na última sexta-feira (10/03).

“Os homens não sabem o que é o feminismo. Eles pensam que a mulher feminista quer lutar contra ele, quando na verdade ela quer respeito e igualdade de condições. Ela quer se igualar”, afirmou a advogada. Segundo ela, o feminismo tem como objetivo a valorização da mulher enquanto ser humano e pensante.

Tânia comentou que o mercado de trabalho diferencia o trabalhador de acordo com seu gênero e raça, onde homens e brancos ganham mais, enquanto mulheres e negros ficam com os piores salários. “E há ainda a questão da mulher que perde seu emprego após virar mãe, e as entrevistas de trabalho que são praticamente interrogatórios, com perguntas como: ‘você pretende casar e/ou ter filhos em breve?’. Isso é ilegal, mas é muito comum”, comentou a advogada.

A palestrante abordou também questões familiares, como mulheres que desistem dos seus sonhos pela família, e os divórcios em que a mulher sempre arca com o ônus do sustento dos filhos em sua maior parte, ou até totalitário. As colaboradoras presentes fizeram com perguntas e participaram do debate proposto pela advogada em todos os temas.

A palestra fez parte das comemorações pelo Dia Internacional da Mulher, celebrado dia 8 de março. O IEC promoveu, ainda, uma homenagem às mães do Projeto Zika, que comemorou um ano este mês, e dois dias de massagem terapêutica para as colaboradoras.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of