Novo presidente da CIPA projeta gestão compartilhada no Pronto-Socorro Engenho Novo

Nas próximas semanas, o administrador assistente Rafael Carlos Aveiro deve assumir a presidência da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) do Pronto-Socorro Engenho Novo, em Barueri (SP). Será sua primeira experiência na função.

“Estou motivado e é muito importante que todos os colaboradores da unidade também tenham essa disposição, porque a prevenção de acidentes em qualquer ambiente de trabalho é resultado de ações feitas por todos”, comentou.

Escolhido por indicação da direção da unidade, conforme legislação em vigor, Rafael integrará uma equipe composta por outros 13 integrantes.

O novo presidente afirmou que a CIPA deve ter uma atuação sempre presente no Pronto-Socorro. “O alerta para respeitar as normas e protocolos de segurança deve ser permanente — acontecendo o tempo todo, 24h por dia”, acrescentou.

Rafael destaca que a conscientização dos colaboradores, aliado a fiscalização permanente, é padrão no Pronto-Socorro. “Temos pontos em que é necessário avançar, e a unidade está trabalhando para isso. De maneira geral, o cumprimento dos protocolos de segurança é uma prática que precisa ser incorporada pelo colaborador”, afirmou.

O novo presidente da CIPA disse, ainda, que em sua gestão irá reforçar as práticas de treinamento para a prevenção de acidentes de trabalho, tanto para os colaboradores já experientes, quanto para os recém-contratados. “A prevenção é uma cultura que precisa ser reforçada”, repetiu ele.

No primeiro encontro da comissão, que acontecerá após a posse, Rafael pretende definir, coletivamente, as metas e o cronograma de ações previstas durante seu mandato. “Serão decisões compartilhadas”, comentou.

A CIPA tem a atribuição de proteger os colaboradores de acidentes e doenças decorrentes do trabalho durante o exercício de suas funções.

Para alcançar a meta, a comissão atua na implantação das diretrizes de prevenção contidas na Norma Regulamentadora 5, do Ministério do Trabalho.

A definição de Rafael na presidência da CIPA teve boa repercussão na unidade. O diretor geral Vagner Verussi destacou o papel importante que a comissão tem para a segurança do colaborador que atua no Pronto-Socorro e destacou sua expectativa quanto a gestão da nova comissão.

“Certamente, a comissão manterá ativo o compromisso de atuar em benefício dos colaboradores e contará, sempre que necessário, com o apoio da direção da unidade”, disse.

A CIPA possui 14 integrantes — sete representantes do empregador e sete escolhidos pelos colaboradores por eleição direta.

 

A unidade

Mantido pela Prefeitura de Barueri, o Pronto-Socorro Engenho é administrado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar por meio de um contrato de gestão com a Secretaria de Saúde.

A unidade possui 14 leitos de observação — dos quais 5 são infantis — e mais 5 leitos para o atendimento de casos de emergência. O Pronto-Socorro oferece atendimento nas especialidades clínica geral, pediatria, odontologia e ortopedia. A unidade também realiza exames de raio-x, eletrocardiograma e laboratoriais. 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of