Novembro Roxo: Materno-Infantil de Barcarena promove ações de orientação e prevenção da prematuridade

Novembro Roxo

Equipe multiprofissional realizou rodas de conversa sobre os principais cuidados voltados ao prematuro; unidade é referência para gestações de alto risco no Baixo Tocantins

Com o tema “Juntos pelo prematuro, cuidando do futuro”, a equipe multiprofissional do Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan (HMIB), realizou, nesta semana, rodas de conversa sobre a prematuridade.

A ação, voltada para mães de bebês internados e usuárias da unidade, buscou incentivar e discutir o tema central da campanha Novembro Roxo, que visa alertar e informar sobre as consequências do nascimento antecipado para o bebê, sua família e para a sociedade.

A prematuridade é a principal causa de morte no primeiro mês de vida. De acordo com o Ministério da Saúde, órgão do governo Federal, cerca de 70% dos óbitos de crianças ocorrem nos primeiros 28 dias após o nascimento. No Brasil, a taxa de prematuridade é de 11,7%, uma das mais altas do mundo, com o nascimento de mais de 300 mil bebês prematuros por ano.

Os encontros aconteceram em grupos reduzidos, no Banco de Leite Humano do HMIB, espaço de referência em educação sobre aleitamento materno, atendendo todas as medidas de segurança e prevenção contra o novo coronavírus.

Além de promover debates sobre o tema, a ação também destaca as principais orientações de cuidados com o prematuro no ambiente hospitalar, discutindo métodos, técnicas, tratamentos terapêuticos e boas práticas de humanização com as mães e familiares.

“O intuito é orientar as mães como parte integrante do cuidado. Empoderá-las em relação ao cuidado com o bebê, bem como, envolver os profissionais para o fortalecimento do vínculo entre a equipe e as usuárias. Dessa forma, proporcionamos uma assistência humanizada, segura e com qualidade”, explica Joice Vaz, diretora assistencial do HMIB.

De acordo com a fonoaudióloga do Materno-Infantil, Amanda Azevedo, é por meio desse acolhimento humanizado e com as trocas de experiências vivenciadas nas unidades de internação com a equipe, que as mães entendem todas as etapas que um bebê prematuro precisa passar para ter alta com mais saúde e segurança.

“Nos encontros esclarecemos as principais dúvidas, como a nutrição adequada por meio do aleitamento materno, tratamentos sonoros e respiratórios, técnicas de desenvolvimento do prematuro e terapias intensivas para o bebê. É também onde trabalhamos o cuidado com a saúde mental da mãe”, ressalta Amanda.

O Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan está localizado a 114 km distante da capital Belém. A unidade é referência de atendimento em média e alta complexidades para gestantes e bebês de 11 municípios do Baixo Tocantins, prestando atendimento 100% gratuito por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Inaugurado em 2018 pelo Governo do Pará, o HMIB é gerenciado desde o início do seu funcionamento pela Pró-Saúde, uma das maiores do Brasil na gestão hospitalar, e já realizou mais de 2.600 partos. Durante esses dois anos, foram realizados mais de 125 mil atendimentos, entre consultas, internações, exames e cirurgias.