Home » Mais de 800 pessoas participam do Outubro Rosa no Hospital de Mogi

Mais de 800 pessoas participam do Outubro Rosa no Hospital de Mogi

A campanha Outubro Rosa, do Hospital Municipal de Mogi das Cruzes (SP), contou com a participação de mais de 800 pessoas. Ao longo deste mês, diversas atividades estão sendo realizadas, entre elas, mutirões de ultrassonografia e de coleta de Papanicolaou.

Palestras, que receberam o nome de “bate-papo rosa” – com temas voltados à saúde da mulher – foram ministradas às pacientes e acompanhantes que passaram pelo Pronto Atendimento Infantil e pelos Ambulatórios de Especialidades e da Mulher.

O mutirão de ultrassonografia foi oferecido para quem que já contava com o encaminhamento. As datas e horários dos exames foram previamente agendados. Cerca de 350 mogianas irão fazer a ultrassonografia de mama, músculo esquelético ou pélvica no Hospital Municipal, neste período da campanha. Para finalizar a marca de 300 atendimentos, na quarta-feira, mais 40 mulheres estão com exames agendados.

Entre os dias 20 e 24, foi a vez do Hospital Municipal voltar as atenções ao mutirão de Papanicolaou. O atendimento ocorreu para a demanda espontânea (sem a necessidade de encaminhamento). A iniciativa realizou quase 150 atendimentos.

Assim como no caso do mutirão de ultrassonografia, todas as pacientes que tiveram algum tipo de alteração no resultado do Papanicolaou foram encaminhadas para os médicos especialistas do próprio hospital para diagnósticos mais detalhados e início imediato do tratamento.

Bate-papos

O “bate-papo rosa” foi realizado pelos próprios colaboradores do Hospital Municipal, que foram devidamente capacitados, em parceria com Organizações Não-Governamentais (ONGs), que atuam em segmentos ligados à saúde da mulher e a prevenção e acompanhamento de pessoas com câncer.

Os temas abordados foram: Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), câncer de mama, câncer de colo de útero, HPV, alimentação saudável, violência contra a mulher, e direitos da pessoa com câncer.
Panfletos foram distribuídos, assim como preservativos. Além de receberem orientações detalhadas, diversas atividades educativas foram realizadas. Quase 100 mulheres – entre acompanhantes e pacientes – participaram por dia do “bate-papo” rosa.

No dia 16, o “Dia D” da campanha, os colaboradores também utilizaram ao menos uma peça de roupa rosa. Por fim, o prédio do hospital ganhou cor rosa.

Novas atividades, desta vez voltadas aos homens, são programadas pelo Hospital Municipal como forma de alertar sobre a prevenção do câncer de próstata, entre outras doenças. As ações farão parte do Novembro Azul, mais uma campanha realizada pela Secretaria Municipal de Saúde e pelo Fundo Social de Solidariedade de Mogi.

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde