Hospital Yutaka Takeda alerta para cuidados com a saúde mental de profissionais da saúde durante a pandemia

A unidade implantou ações para dar suporte emocional aos seus colaboradores

Os profissionais da saúde que estão atuando no combate a Covid-19, integram o grupo dos mais vulneráveis às consequências emocionais e psicológicas nesta pandemia. Encarando rotinas exaustivas para cuidar de pacientes infectados, o medo do contato contínuo com a doença e, em muitos casos, o distanciamento da família, o amparo a saúde mental desses profissionais é primordial.

Atento a esta questão e visando prestar o suporte necessário para enfrentar este momento, o Hospital Yutaka Takeda (HYT), gerenciado pela Pró-Saúde em Parauapebas (PA), implantou ações para cuidar da saúde mental dos profissionais, como a oferta de atendimento psicológico, momentos de descontração com refeições especiais, dinâmicas e acompanhamento regular do médico do trabalho.

Segundo a psicóloga do HYT, Andreza Oliveira, neste período de pandemia é essencial que os serviços de saúde disponibilizem um espaço para que os profissionais de saúde possam expressar as suas subjetividades e angústias, seja em um atendimento individual ou em grupo.

A profissional destaca ainda sobre o estresse causado pela ansiedade. “A ansiedade visa antecipar um perigo iminente. Uma das características deste estado é o afunilamento da atenção, onde a pessoa define um foco em determinado objeto, que não era necessariamente para ser focado, prejudicando a realização de tarefas do cotidiano”.

A psicóloga ressalta ainda os principais sentimentos relatados pelos profissionais de saúde, neste momento de pandemia. “As principais queixas são de ansiedade, medo, desconforto, tristeza e a sensação de ser rotulado como uma pessoa que transmite uma doença. Isso faz com que a pessoa experimente várias emoções e inseguranças, que podem ser prejudiciais”, relatou a profissional. “É preciso lembrar que todos nós temos limitações, somos humanos e temos nossas características próprias”, finalizou Andreza.

A psicóloga ainda destaca algumas dicas para os profissionais de saúde gerenciarem a ansiedade:
– Ficar atento aos sentimentos e, ao perceber a ansiedade ou outras situações negativas, buscar ajuda;
– Voltar a atenção aos protocolos da instituição, eles dão segurança ao trabalho e garantem a qualidade da assistência;
– Buscar técnicas de respiração, de acordo com a preferência. Isso pode proporcionar uma sensação de calma e relaxamento;
– Entender que não é possível controlar o que os outros pensam sobre nós;
– Aceitar os próprios limites.

Dinâmica dos Desafios

Nesta quarta-feira (17), os profissionais HYT participaram de mais uma atividade voltada para as questões de saúde mental. Com a Dinâmica dos Desafios, eles foram convidados a expressar seus sentimentos e refletir sobre a importância de vencer obstáculos.

O objetivo do momento de descontração foi deixar os profissionais à vontade, retirando um pouco a tensão do trabalho. Nesta dinâmica de grupo, uma caixa rodava entre os participantes, ao som de uma música. Com a parada do som, o colaborador que estava com a caixa em mãos poderia aceitar ou não um desfio.

A técnica de Enfermagem do HYT, Luciléia Sales, participou da dinâmica e aprovou ação. “A gente se diverte e volta até mais leve para o nosso ambiente de trabalho”.

Sobre o Hospital

O Hospital Yutaka Takeda possui importantes certificações que demonstram a preocupação da Unidade com a qualidade no atendimento. O HYT é certificado com a ONA 3 – Acreditado com Excelência, reconhecimento máximo concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), que avalia a qualidade, segurança e gestão integrada. O hospital também foi a primeira unidade de saúde no Brasil certificada pelo Programa Nacional de Qualidade (PNQ), do Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), que reconhece a qualidade da assistência da instituição.