Home » Hospital Regional do Baixo Amazonas realiza integrações acadêmicas para 2015

Hospital Regional do Baixo Amazonas realiza integrações acadêmicas para 2015

O Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), administrado pela Pró-Saúde sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde (SESPA), concluiu, neste mês de março, as atividades da Primeira Integração Acadêmica 2015.  O evento abriu as portas para estágio de alunos de várias universidades públicas e privadas, inclusive da Universidade do Estado do Pará (UEPA), que mantém um curso de medicina em Santarém.
Participaram das várias etapas da integração, desde fevereiro, 931 acadêmicos, professores e, também coordenadores, com o intuito de desenvolver atividades de extensão nas dependências do hospital.

O HRBA tem se firmado na região norte como referência em diversos serviços de média e alta complexidade, notadamente o serviço de oncologia, e vem se consolidando, desde 2013, na área do ensino e pesquisa, recebendo por mês, em média, 300 acadêmicos de cinco universidades de Santarém.

Segundo a coordenadora da Diretoria de Ensino e Pesquisa (DEP) do hospital, Claudiléia Pereira Galvão, o processo de integração acadêmica é requisito obrigatório para a realização das atividades de ensino. “É o momento em que o HRBA difunde informações sobre normas, diretrizes e rotinas – todas importantes para o controle de infecção hospitalar, segurança no trabalho, identificação para acesso ao hospital, utilização do prontuário do paciente, entre outras rotinas”, declarou.

Participaram da integração acadêmicos oriundos das Faculdades Integradas do Tapajós (FIT), Instituto Esperança de Ensino Superior (IESPES), Universidade Luterana do Brasil (ULBRA), Universidade do Estado do Pará (UEPA) e Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA), matriculados nos cursos de medicina, fisioterapia, enfermagem, psicologia, radiologia, farmácia, serviço social, educação física, pedagogia e administração.   O maior número de acadêmicos atuando no HRBA estão matriculados no curso de medicina da UEPA.

Segundo o diretor geral do HRBA, Hebert Moreschi, essa apresentação é essencial para o desenvolvimento dos futuros profissionais. “Hoje, além de ser uma referência assistencial em média e alta complexidade, o hospital também se destaca na Região Norte do País pela formação de profissionais em saúde. A atividade vai de encontro a um dos requisitos da nossa missão, que é formar profissionais para atuarem nos municípios do Oeste do Pará, extremamente carentes e com serviços de baixa resolutividade. Com esse trabalho, estamos construindo um futuro muito melhor para a saúde da nossa região”, concluiu.

 

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde