Hospital Regional de Marabá dá dicas de higienização para a casa durante a pandemia

Para evitar a disseminação do novo coronavírus, algumas atitudes simples devem ser incorporadas à rotina, como lavar brinquedos e desinfectar celulares

Em decorrência da pandemia do novo coronavírus, muitos estão isolados dentro de casa e, neste período, é fundamental intensificar os cuidados com a limpeza de casa e de objetos pessoais. Por isso, o Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso (HRSP), gerenciado pela Pró-Saúde em Marabá (PA), ressalta algumas medidas simples, mas que podem manter a sua residência higienizada e longe dos perigos desta pandemia.

De acordo com a enfermeira Erica Viana, especialista do setor de Infecção Hospitalar do HRSP, com o aumento da transmissão comunitária em todo país, e importante seguir as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), para manter sua família e amigos em segurança. “Os cuidados agora devem ser redobrados. A nossa casa, onde passamos a maior parte do tempo devido ao isolamento social, deve estar sempre bem higienizada, para enfrentarmos essa pandemia. Não podemos relaxar, por isso, separamos algumas dicas que podem salvar vidas”, explicou.

O Regional de Marabá é uma unidade do Governo do Estado do Pará, que presta atendimento 100% gratuito pelo Sistema Único de Saúde (SUS), sendo um dos hospitais selecionados pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) no atendimento de casos graves da Covid-19 no Pará.

Abaixo medidas que podem ser adotas para evitar a Covid-19:

Produtos essenciais

Os Produtos de limpeza são os grandes aliados para manter a higienização da sua residência. Detergentes, limpadores multiuso, desinfetantes, sabonetes e álcool 70%, são importantes, além da água sanitária, que contribui para fazer a limpeza do chão e do banheiro, e também na hora de higienizar os alimentos corretamente. A mistura de uma colher de sopa diluída em um litro de água, pode ser usada para limpar frutas, legumes e verduras. Mas, lembre-se de enxaguar bem todos os alimentos antes do consumo.

Lavar cobertores, roupas de cama e toalhas com frequência

A recomendação é que esses itens pessoais não devem ser compartilhados e precisam de uma atenção extra na limpeza. Por isso, a recomendação é aumentar a frequência da lavagem e manter o uso individual.

Limpar os brinquedos

Para garantir a segurança dos pequenos, a dica é deixar os brinquedos um pouco de molho em uma bacia com água e detergente, esfregar com uma escovinha, enxaguar bem em água corrente e deixar secar. Se quiser, pode fazer a higienização com o álcool 70% para complementar.

Guardar tudo o que foi trazido da rua em um local específico

É importante possuir um local específico, que deve ser higienizado regularmente, para guardar tudo que trouxer de fora, principalmente as sacolas do supermercado. Em razão do vírus poder sobreviver por até 72 horas em superfícies de plástico, o ideal é ter o mínimo de contato possível com esses itens. De preferência, higienize os alimentos e embalagens antes de guardar no armário ou na geladeira.

Desinfectar celulares, chaves, e outros objetos

Sempre que possível, principalmente depois de chegar da rua, faça a desinfecção com álcool 70% de celulares, chaves, carteiras, cartões e tudo aquilo com o que você tem contato regularmente.

Higienizar o banheiro

Se houver alguém na casa com sintomas ou suspeita da doença, essa pessoa deve ser a última a tomar banho. Após o término, o ideal é limpar a pia, maçanetas e interruptores com os produtos de limpeza, deixando tudo desinfectado para que outros possam usar depois.

Sobre a Unidade

O Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso, unidade do Governo do Pará, é referência em atendimento de média e alta complexidades para 22 municípios paraenses. A unidade possui perfil cirúrgico e habilitação em Traumato-ortopedia pelo Ministério da Saúde, oferecendo atendimento gratuito em diversas especialidades, além de um Centro de Hemodiálise com 20 máquinas.

Ampliar fonte
Contraste