Hospital Oncológico Infantil oferece teste do PSA em campanha do Novembro Azul

Novembro Azul

Exame é um dos exames para detecção precoce do câncer de próstata. Iniciativa é voltada para colaboradores da unidade, com 45 anos de idade ou mais

Em prol da campanha Novembro Azul, voltada para a conscientização sobre o câncer de próstata em todo o mundo, o Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém, está ofertando o teste do PSA (Antígenos Específicos da Próstata, sigla traduzida para o português), para seus colaboradores do sexo masculino, com 45 anos de idade ou mais.

A iniciativa, da área de Medicina do Trabalho da instituição, visa auxiliar na detecção precoce da doença, o que aumenta consideravelmente as chances de cura, além de promover a conscientização e disseminação de informações sobre o tema. A unidade, gerenciada pela Pró-Saúde em Belém, é referência no atendimento de crianças e adolescentes com câncer no Norte do país, se destacando no cenário nacional pela sua atuação de excelência e trabalhos desempenhados na área oncológica.

Este ano, a programação da campanha teve início na última quarta-feira (12), e deve se estender até o final de mês. Diversas ações foram programadas, como o compartilhamento de vídeos informativos por aplicativo de mensagens, quiz (jogo) de perguntas por meio de aplicativo de celular e uma caminhada no Parque do Utinga, a ser realizada nas próximas semanas.

O câncer de próstata é a segunda maior causa de morte na população masculina, perdendo apenas para o câncer de pulmão. “Se a doença for diagnosticada precocemente tem baixas taxas de mortalidade e pode apresentar boas chances no tratamento. Por isso, reforçamos que a partir da idade de risco (45 anos), mesmo sem sintomas, é muito importante fazer os exames preventivos periodicamente”, ressalta a médica Gisele Araújo, responsável pelo setor de Medicina do Trabalho do Oncológico Infantil.

Ela chama atenção ainda para os dados referentes à estimativa do Instituto Nacional de Câncer (INCA), visto que a cada ano do triênio 2020/2022 são diagnosticados no país 65.840 novos casos de câncer de próstata. Isso significa, segundo o INCA, que esse quantitativo corresponde a um risco estimado de 62,95 casos novos a cada 100 mil homens.

Mario Sérgio Sousa, auxiliar de lavanderia no Setor de Rouparia do hospital, foi um dos que fez o teste do PSA. “Medo de fazer o exame a gente tem. Eu fiz e, na hora de receber o resultado, fiquei apreensivo. Mas, deu tudo certo, estou bem. Isso é muito importante, todo homem precisa fazer para prevenção dessa doença”, comenta o trabalhador.

Saiba como é feito o teste de PSA

Colhe-se uma amostra de sangue que é enviada ao laboratório para análise. Os médicos fazem a solicitação do exame para realizar a medição do PSA total, mas podem também requisitar a quantidade de PSA livre – ou seja, a quantidade que não está ligada a nenhuma proteína, caso identificada alguma alteração nos resultados. O diagnóstico da doença pode englobar ainda os exames de toque retal e biópsia, entre outros.

Os principais sintomas do câncer de próstata são: dificuldade de urinar, diminuição do jato de urina, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite e presença de sangue na urina. Ao identificar uma destas alterações, é necessário procurar um médico para avaliação.