Home » Hospital Oncológico Infantil define estratégias para manutenção de certificado de excelência
Oncológico Infantil

Hospital Oncológico Infantil define estratégias para manutenção de certificado de excelência

A unidade, atualmente, atende aos padrões internacionais de qualidade e segurança assistencial dedicados aos pacientes

A última a sexta-feira, 9 de julho, foi marcada por um evento que reuniu colaboradores, gestores e diretores do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém (PA). A unidade definiu estratégias para a avaliação de manutenção do certificado ONA 3 – Acreditado com Excelência.

O momento representa o fortalecimento da busca pela melhoria contínua na qualidade da assistência prestada e pelo desafio dos profissionais em transmitir aos avaliadores, de forma remota, um trabalho que vem sendo desenvolvido desde 2015.

Todos os envolvidos relembraram momentos especiais por meio de um vídeo com fotos. Em clima de descontração e em meio à decoração que indicava os valores institucionais, o Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente (NQSP) apresentou as estratégias das informações para a avaliação que ocorrerá em setembro deste ano.

A certificação é concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), entidade não governamental e sem fins lucrativos que certifica a qualidade de serviços de saúde no Brasil, com foco na segurança do paciente, por meio da acreditação.

Atualmente, o Oncológico Infantil é gerenciado pela Pró-Saúde e o selo da unidade atesta o atendimento aos padrões internacionais de qualidade e segurança assistencial dedicados aos pacientes.

“Desde 2017, o Oncológico Infantil faz parte do seleto número de hospitais certificados. Em 2019, alcançamos o nível máximo com a ONA 3, que atesta a excelência do nosso serviço. Desde então, as avaliações de manutenção anuais buscam fortalecer as práticas já existentes e estimulam a melhoria contínua”, comenta Aline Gonzaga, coordenadora do NQSP do hospital.

Na abertura do evento, o diretor Hospitalar do Oncológico Infantil, Fábio Machado, destacou a trajetória do hospital com o engajamento dos profissionais ali presentes e também daqueles que, de alguma forma, contribuíram e deixaram seu legado.

“Realizar esse evento mostra que estamos no caminho certo, principalmente diante de um cenário pandêmico, em que as avaliações presenciais foram substituídas pelo modelo remoto. O grande desafio é preparar as equipes para este novo normal e transmitir com maior clareza o excelente trabalho que desenvolvemos aqui”, explicou.

O diretor Hospitalar Fabio também lembrou que próximo de completar seis anos de existência o Hospital Oncológico Infantil continua sendo referência para tratamento contra o câncer infantojuvenil na região norte.

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde