Hospital Galileu dá início ao Programa Qualidade de Vida do Colaborador

Segue até quinta-feira, 11/10, no Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), em Belém (PA), a Semana da Qualidade de Vida do Colaborador, que traz o lançamento do programa “Qualidade de Vida – Viva Bem”, dedicado a montar um perfil dos colaboradores que atuam na Unidade, assim como orientá-los e auxiliar no processo de melhoria da saúde e do bem-estar. 

O Hospital conta com cerca de 460 colaboradores e é gerido pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

O diretor-Geral da Unidade, Saulo Mengarda, explica como surgiu o programa. “É fundamental que sejam desenvolvidas ações em prol do colaborador, seja no intuito da valorização profissional, seja no de orientar e cuidar desse profissional. Então, esse programa surge como mais um passo que damos para reconhecer as necessidades dos nossos colaboradores, mas também intervir diretamente no processo de melhoria”, afirmou.

A Semana da Qualidade de Vida começou na segunda-feira, 8/10, no auditório do Hospital, e contou com palestras sobre Nutrição, com a nutricionista da Unidade, Waléria Ainett; Medicina Preventiva, com o fisioterapeuta e membro do Grupo Saúde e Vida, Marcel Fernando Bueno; e a apresentação do Programa “Qualidade de Vida – Viva Bem”. Nesta terça-feira, 9/10, será iniciada a etapa de aplicação da pesquisa de Qualidade de Vida e o circuito de saúde, com a verificação de PA, Glicemia, IMC, Circunferência Abdominal, entre outros.

Para o enfermeiro do Trabalho, Alex Campos, que atua no Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT), setor que está à frente da Semana da Qualidade de Vida dentro da Unidade, o diferencial dessa ação está na continuidade do programa e no feedback que será entregue aos colaboradores.

“Vamos de fato dar prosseguimento, não se resume a essa semana. Esta semana funciona como um momento de apresentação do projeto, ela é o levantamento do perfil epidemiológico do Hospital, com a participação dos trabalhadores, inclusive vamos desenvolver uma novidade que é a pesquisa da Qualidade de Vida, onde os colaboradores vão responder um questionário, que nos permitirá ter uma mensuração da qualidade de vida deles”, explicou.

De acordo com o enfermeiro do Trabalho, após a finalização do evento, será realizada a análise dos dados captados na pesquisa e a divulgação para cada colaborador. A expectativa é que de, cinco a seis meses, já sejam percebidos os primeiros resultados dentro da Unidade. 

O auxiliar Administrativo, Erick Araújo, participou da ação desde o primeiro dia e parabenizou a iniciativa. “É difícil vermos hoje em dia uma empresa se preocupando dessa forma com a saúde do colaborador, e o Hospital vem demonstrando essa preocupação e dando ferramentas para que o próprio colaborador se conscientize e tenha noção do quanto uma boa saúde, exercícios diários, e outros tipos de práticas são benéficas para a nossa saúde”, declarou.

A Semana da Qualidade de Vida será encerrada na quinta-feira, 11/10, com uma Feira Saudável, que será um momento de lazer para o colaborador, realizada no Hall da recepção da Unidade, com ações como spa dos pés, florais e a presença de músicos.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of