Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE) destaca a importância dos farmacêuticos

Eles estão presentes nas drogarias, laboratórios, indústrias de medicamentos, na vigilância sanitária e também nos hospitais. No Dia do Farmacêutico, celebrado em 20 de janeiro, o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), destaca a importância dos profissionais na assistência ao paciente.

Quatorze farmacêuticos realizam o controle, a reposição, a reconciliação e a rastreabilidade dos remédios. Também integram a equipe multidisciplinar, por meio da qual participam dos rounds — momento em que vários profissionais se reúnem para discutir diagnóstico, propor condutas e novas abordagens para o tratamento dos pacientes. 

 “A atuação do farmacêutico é muito abrangente, pois, além de ser responsável por todo fluxo dos medicamentos, os profissionais agem com objetivo de promover o uso seguro e racional dos remédios, garantindo uma assistência segura para os pacientes”, explicou Edna Ormi Galazi, coordenadora de Farmácia do Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE).

Edna ainda acrescentou que os profissionais atuam 24 horas no hospital, sendo subdivididos em farmacêuticos hospitalares e clínicos, atuando na Farmácia Central, responsável pela dispensação e rastreabilidade de medicamentos para os pacientes internados nas Unidades de Internação (enfermarias), Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF) e Farmácias Satélites, localizadas nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), Urgência e Emergência (Pronto-Socorro) e Centro Cirúrgico.

 “Temos uma equipe de farmacêuticos integrada aos processos, com conhecimento técnico e com visão de assistência multiprofissional. O resultado desse engajamento é a garantia de um serviço de qualidade para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS)”, destacou Adriana Morais, diretora Administrativa e Financeiro do Hospital.

 Além de atuarem diretamente com a equipe multidisciplinar, os farmacêuticos do hospital fazem parte das comissões de Gerenciamento de Resíduos de Serviço de Saúde; Gestora Multidisciplinar; Multidisciplinar de Terapia Nutricional; Farmacoterapêutica e Padronização de Materiais e Medicamentos Hospitalares; Prontuários; Controle de Infecção Hospitalar; Prevenção e Tratamento de Feridas; Cuidados Paliativos; Sustentabilidade.

 

Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE)

Referência no atendimento de trauma, o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE) é administrado pela Pró-Saúde desde 18 de dezembro de 2015, por meio de um contrato de gestão firmado com o Governo do Estado do Espírito Santo, via Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), que mantém a unidade.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of