Home » Hospital de Mogi vai eliminar fila de espera por cirurgias ginecológicas

Hospital de Mogi vai eliminar fila de espera por cirurgias ginecológicas

O Hospital Municipal de Mogi das Cruzes (SP) vai antecipar os procedimentos que seriam realizados apenas em 2017, conforme o plano de trabalho, e a partir do próximo dia 10 dará inicio às cirurgias de média e baixa complexidades, por meio da ativação do Centro Cirúrgico.

Desde segunda-feira (03/11), a unidade já realiza cirurgias ambulatoriais, aquelas não precisam de internação. Cerca de 150 intervenções serão realizadas por mês neste primeiro momento. A maioria delas será voltada à área ginecológica. Haverá um aumento gradativo na oferta deste tipo de serviço até atingir a capacidade máxima de 350 atendimentos por mês, meta que está programada para ser alcançada em fevereiro de 2015. O prazo de três meses é necessário para colocar em funcionamento a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o que permitirá a realização de cirurgias mais complexas.

Poucos meses depois de atingir a capacidade total de operação do Centro Cirúrgico, o Hospital Municipal vai eliminar a fila de espera por cirurgias ginecológicas, considerada hoje, segundo as Secretarias de Saúde de Mogi das Cruzes e do Estado, a principal demanda das moradoras da cidade.

Outro fator positivo é que todas as pacientes passarão a fazer os procedimentos no próprio município. Grande parte das cirurgias ginecológicas são encaminhadas pela Central de Regulação do Estado para hospitais da capital paulista. O tempo de espera para a intervenção também passa a ser menor. Atualmente, ele é de seis meses.

Na próxima segunda, serão iniciadas as cirurgias de hérnia umbilical, cisto, hérnia inguinal, varizes, safena, postectomia, amigdalectomia, exerese de cisto de Bartholin, exerese de endometrioma e colcoperineoplastia posterior.

Para 2015 está previsto o início das cirurgias mais complexas, como a retirada de útero. Entre as cirurgias ambulatoriais já realizadas estão remoções de cisto sebáceo, lipoma (tecido gorduroso que surge por baixo da pele), pintas, sinais, manchas ou pequenas elevações da pele, biópsia e exerese (retirada) de unha.

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde