Home » HEAPN inicia projeto para captação de óleo usado

HEAPN inicia projeto para captação de óleo usado

O setor de hotelaria do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes (HEAPN), administrado pela Pró-Saúde no Rio de Janeiro, iniciou nesta semana o novo projeto de captação de óleo de cozinha usado. Além de conscientizar os colaboradores sobre os efeitos nocivos que o óleo causa ao meio ambiente, caso seja desprezado no esgoto comum, o projeto ainda possibilitará que os profissionais troquem o óleo usado de suas residências por detergente vegetal.

Para dar início ao projeto, no dia 23, os colaboradores participaram de uma palestra sobre os danos causados ao meio ambiente por decorrência do óleo desprezado diretamente na pia. Como o óleo não fica retido na caixa de gordura, acaba indo direto para os rios e represas. Para se ter uma ideia, apenas um litro de óleo é capaz de poluir cerca de um milhão de litros d’água.

O projeto é uma novidade no HEAPN e está sendo realizado em parceria com uma empresa de Reciclagem Ambiental, que utiliza o óleo de cozinha usado para produção de detergente vegetal. Para armazenamento do óleo, a empresa disponibilizou um coletor, que ficará em local apropriado dentro do hospital.

Para a gerente de hotelaria do HEAPN, Adriana Olimpio, esta ação veio como uma oportunidade de conscientizar as pessoas sobre a importância de se dar um destino nobre ao óleo. “Tive a ideia de trazer este projeto para o hospital por conta do número de pessoas que passam por aqui, seja colaborador ou paciente, e que muitas vezes não têm onde desprezar o óleo que utilizam em casa”. A gerente ainda destaca que além do coletor de óleo o hospital também já possui um coletor de pilhas e baterias usadas e realiza a coleta seletiva. “Separamos os resíduos por tipo e, com os resíduos recicláveis, conseguimos reverter o valor em materiais de apoio para os nossos treinamentos internos”, destaca Adriana.

Além dos colaboradores, o projeto também é aberto para pacientes do hospital e moradores da região. A cada 2 litros de óleo coletados, a pessoa recebe em troca um detergente vegetal.

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde