Exame Melhores & Maiores consolida projeção da Pró-Saúde pelo sexto ano consecutivo

Da esq. para dir.: Eduardo Menezes, diretor de Suprimentos da Pró-Saúde; Mons. Antônio Robson Gonçalves, vice-presidente da Pró-Saúde; Dom Eurico dos Santos Veloso, presidente da Pró-Saúde; e Miguel Paulo Duarte Neto, diretor Executivo-Geral da Pró-Saúde.

A 46ª edição da revista Exame Melhores & Maiores, lançada nesta semana pela Editora Abril, consolidou a relevância da Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar no cenário brasileiro. Pelo sexto ano consecutivo, a instituição filantrópica foi destaque no ranking das mil maiores empresas e ocupou a posição 571, na categoria Serviços de Saúde.

A cerimônia de premiação aconteceu nesta segunda-feira (26/8), na Sala São Paulo, na Capital Paulista. Dom Eurico dos Santos Veloso, presidente da Pró-Saúde, monsenhor Antônio Robson Gonçalves, vice-presidente, Miguel Paulo Duarte Neto, diretor Executivo-Geral, e Eduardo Menezes, diretor de Suprimentos, prestigiaram o evento que contou com a participação do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do governador de São Paulo, João Doria.

“A gestão da saúde no Brasil tem se mostrado desafiadora, diante do cenário econômico do País. A Pró-Saúde, nesse contexto, tem desempenhado uma missão fundamental para assegurar o acesso e tratamento de milhares de pacientes diariamente, nas cinco regiões do Brasil. Na gestão hospitalar desempenhada pelos profissionais da nossa instituição, analisamos distintos indicadores para alcançar os resultados esperados. Sem dúvida, todos os esforços feitos nos últimos anos nos colocam na liderança do segmento e, indo além, asseguram nossos valores e perenidade organizacional”, ressaltou Miguel Paulo Duarte Neto, diretor Executivo-Geral da Pró-Saúde.

Após implantar um modelo de Governança Corporativa, a Pró-Saúde vem investido constantemente em sua Política de Integridade para nortear o trabalho de mais 16 mil colaboradores. Em 2018, a instituição apresentou o seu Código de Ética e de Conduta, um importante documento balizador para a toma de decisões estratégias.

O prêmio da revista Exame avaliou, no total, 22 categorias ou setores: Atacado; Autoindústria; Bens de Capital; Bens de Consumo; Eletroeletrônicos; Energia; Farmacêutico; Indústria de Construção; Indústria Digital; Infraestrutura; Mineração; Papel e Celulose; Química e Petroquímica; Saúde; Serviços; Siderurgia e Metalurgia; Telecomunicações; Têxtil; Transporte; Varejo; a Melhor do Agronegócio; e a Melhor Empresa do Ano.

A Melhores e Maiores avaliou dados de mais de 3.000 empresas e os maiores grupos privados do País. Foram analisados os balanços contábeis publicados no Diário Oficial dos estados até o dia 15 de maio. O ranking também considerou empresas de porte significativo e conhecidas que não divulgaram os resultados, mas tiveram seu faturamento estimado.