Home » Equipe do HECC promove segundo Curso de Extensão em Terapia Intensiva

Equipe do HECC promove segundo Curso de Extensão em Terapia Intensiva

Com auditório lotado, durante todo o dia 26, profissionais do Hospital Estadual Carlos Chagas participaram do segundo Curso de Extensão em Terapia Intensiva, cujo objetivo é partilhar conhecimentos e experiências reforçando a qualidade na assistência, com base na educação continuada.

Segundo César Bortoluzo, Diretor Médico do Pró-Saúde, a multiplicação de conhecimentos técnicos e de gestão de uma unidade de cuidados críticos é muito importante. “A equipe principal está repassando conhecimentos adquiridos em um programa de treinamento de alto valor técnico e científico da Pró-Saúde e a experiência adquirida na prática diária dentro de uma UTI com gestão de assistência sistematizada e avaliada permanentemente. Isso se reflete na redução dos índices de mortalidade esperados em uma unidade com essas características, e no aumento de cerca de 50% do número de pacientes atendidos por leito disponível”, afirma.

Weslley Guimaraes, Diretor Administrativo do HECC ressalta que trazer o diferencial e reforçar a qualidade na assistência, é o grande papel da Pró-Saúde no Rio de Janeiro. “A educação permanente faz uma grande diferença na gestão. Trabalhar com profissionais capacitados de forma constante é um dos pontos que nos leva a ter uma assistência ímpar”, disse.

Foram debatidos nove temas, incluindo a terapia nutricional, a parceria público-privada, ventilação mecânica, casos clínicos, entre outros. Rodrigo Barros, Coordenador Médico da UTI adulto da unidade, ministrou palestra sobre as vantagens e desvantagens de uma parceria público-privada na gestão de uma UTI. Ele falou da importância do relacionamento entre coordenação e direção e do crescimento que as UTIs do hospital tiveram após a gestão Pró-Saúde. “Estou no Carlos Chagas há 14 anos e é perceptível a mudança desde que a Pró-Saúde assumiu a administração. Hoje temos mais parque tecnológico, mais insumos, o que nos possibilita fazer coisas que antes não conseguíamos, e consequentemente, o aumento da autoestima da equipe. Essa parceria está fazendo muito bem tanto aos pacientes, quanto à equipe”, enfatizou.

Ederlon Rezende, Diretor de Medicina Intensiva da Pró-Saúde, salientou a importância de o grupo partilhar experiências com colegas de outras áreas. “A ideia é buscar atender da melhor forma, porque nada é mais importante que oferecer os melhores resultados possíveis dentro das unidades que administramos. O melhor resultado é consequência direta de um trabalho bem feito”, finalizou.

 

 

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde