Home » Dia Mundial do Doente – Monsenhor Marco Eduardo Jacob Silva

Dia Mundial do Doente – Monsenhor Marco Eduardo Jacob Silva

Caríssimos colaboradores,

Em 2015, comemoramos o 23º Dia Mundial do Doente, celebrado em 11 de fevereiro, festividade da Virgem de Lourdes. Na carta de instituição, por São Papa João Paulo II, em 1992, Sua Santidade nos lembrou que a data representa “um momento forte de oração, de partilha, de oferta do sofrimento pelo bem da Igreja e de apelo dirigido a todos para reconhecerem na face do irmão enfermo a Sagrada Face de Cristo que, sofrendo, morrendo e ressuscitando, operou a salvação da humanidade”.

Neste momento, o meu pensamento dirige-se aos milhares de colaboradores da Pró-Saúde, em todo o País, que não medem esforços no campo da assistência à saúde. São diretores, gestores, gerentes, coordenadores, médicos, enfermeiros, técnicos de saúde, agentes de saúde, auxiliares de limpeza e voluntários. É com profundo alento na alma que exprimo aqui minha gratidão pelos serviços prestados por cada um de vocês. Mais do que o trabalho diário, é nítida a nobre missão que exige abnegação e generosidade sempre renovadas.

Sob o tema “Sapientia cordis. ‘Eu era os olhos do cego e servia de pés para o coxo’ (Jó 29, 15)”, o Papa Francisco reforça o momento de estar com o irmão. “Peçamos com viva fé ao Espírito Santo que nos dê a graça de compreender o valor do acompanhamento, tantas vezes silencioso, que nos leva a dedicar tempo a estas irmãs e a estes irmãos que, graças à nossa proximidade e ao nosso afeto, se sentem mais amados e confortados”.

Aos enfermos sob nossos cuidados, invoco a Maria, Consoladora dos aflitos, e confio nela todos que sofrem no corpo e no espírito. Quero abraçar religiosamente a todos os que estão acometidos no leito hospitalar, levando-lhes a esperança cristã. À tua ternura de Mãe confiamos as lágrimas, os suspiros e as esperanças dos doentes. Sobre as suas feridas desça o bálsamo benéfico da consolação e da esperança. Em cada etapa alegre ou triste do nosso caminho, com afeto de Mãe, mostra-nos o “teu Filho Jesus, ó clemente, ó piedosa, ó doce Virgem Maria”. 

Um forte abraço,

Monsenhor Marco Eduardo Jacob Silva
Diretor Tesoureiro
Pró-Saúde

Ampliar fonte
Contraste
Voltar para o topo da página - Pró-Saúde