Crianças em tratamento no Hospital Regional do Baixo Amazonas recebem a visita do coelhinho da Páscoa

Páscoa

Seguindo todos os protocolos de segurança, as crianças em tratamento no Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, receberam a visita da coelhinha Cloe, em alusão as comemorações de Páscoa.

As atividades iniciaram na Rádio interna da unidade, com um momento de reflexão e mensagens de fé e renovação, por meio da Pastoral da Saúde. O HRBA é um hospital público, pertencente ao Governo do Pará, sendo gerenciado pela entidade filantrópica Pró-Saúde.

Interagindo com as crianças, através dos vidros das enfermarias, a coelhinha percorreu os corredores da Clínica Pediátrica, nos braços de um dos acadêmicos do Curso de Medicina Veterinária, do Centro Universitário da Amazônia (Unama).

“Algumas crianças veem o animal pela primeira vez. Nos sentimos muito felizes em poder contribuir, pois é muito gratificante para a gente também”, destaca Alessandra Belo, coordenadora técnica de Pós-graduação em Medicina Veterinária da Unama.

A equipe do hospital, junto com coelhinha, também distribuiu chocolate aos pacientes, por meio da dinâmica de caça aos ovos de páscoa, realizada num painel colorido levado para cada um dos pacientes mirins. Além dos pequenos, a ação também proporcionou bem-estar às mamães que acompanhavam as crianças.

Ivaneide Caetano Costa, mãe da Raylana, que possui apenas 5 anos e está em tratamento contra a leucemia, disse que ações de humanização em datas comemorativas são importantes para fugir da rotina hospitalar.

“Quando a gente está em um hospital só costuma ver agulha e soro. Quando tem uma ação dessa percebo que minha filha fica feliz e eu fico muito grata por isso”, compartilha.

A atividade faz parte da programação de Páscoa do HRBA, organizada por meio do Grupo de Ações e Eventos de Valorização Humana (Gaevh).

“Promovemos essa atividade com o intuito de minimizar o estresse e ansiedade que o ambiente hospitalar causa e que muitas vezes priva os pacientes de comemorarem datas especiais. Isso gera uma aceitação melhor das crianças no tratamento”, explicou Ana Paula Ribeiro, terapeuta Ocupacional e presidente do Gaevh do HRBA.

Referência em média e alta complexidades no Estado do Pará, certificado com a ONA 3 pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), o Regional do Baixo Amazonas atende uma população estimada em mais de 1,3 milhão de pessoas, residentes em 30 municípios no Oeste do Pará, Baixo Amazonas e Xingu.

“Poder oferecer um tratamento seguro, de qualidade e humanizado, é uma das estratégias de assistência em saúde à população que a gestão da Pró-Saúde prioriza”, ressaltou Hebert Moreschi, diretor Hospitalar.

A unidade está entre os melhores hospitais públicos do País desde 2012, primeira vez que foi reconhecido nacionalmente por boas práticas assistenciais.

Neste mês de março, o hospital demonstrou sua expertise de gestão e excelência ao conquistar o 1º lugar no 4º Seminário Internacional de Segurança do Paciente e Acreditação em Saúde, realizado pela ONA.

Ampliar fonte
Contraste