Colaboradores do Hospital Yutaka Takeda são treinados para o abastecimento e reposição dos carrinhos de emergência

Em uma situação que exige procedimentos de socorro imediato, o carrinho de emergência é importante instrumento por conter os equipamentos, materiais e medicamentos utilizados por médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Para aprimorar os conhecimentos na área, a equipe de farmácia do Hospital Yutaka Takeda (HYT), na Serra dos Carajás (PA), gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, promoveu capacitação para os colaboradores que estão ligados diretamente no controle de estoque, rastreamento, abastecimento e reposição de carrinhos.

Segundo a coordenadora de farmácia Maysa Monteiro do HYT, que aplicou o treinamento, este tipo de iniciativa visa garantir o acesso seguro ao conteúdo do carrinho para atender o paciente em uma emergência. “Trabalhamos de forma padronizada no setor, os auxiliares abrem o carrinho de emergência mensalmente para conferir a validade dos produtos, trocar e identificar materiais e medicamentos com prazo de expiração para os próximos três meses, evitando assim possíveis perdas, além de realizar a limpeza terminal dos mesmos, explicou a profissional.

Os carrinhos de emergência se destinam para a guarda de drogas e equipamentos utilizados para a reversão da parada cardiorrespiratória (PCR) cuja padronização é proposta pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. Esta entidade apontou que 82% das paradas cardiorrespiratória são atendidas nos três primeiros minutos, sendo que os 18% restantes tem atrasos devido à falta de materiais ou equipamentos quebrados.

Maysa ainda ressaltou que a Unidade dispõe de uma instrução de trabalho que está à disposição da equipe para consulta. Para a auxiliar de farmácia, Layla Marinho, a ação foi de grande valia para reforçar o esquema de reposição dos carrinhos. “É muito importante, por exemplo, que as medicações e os materiais estejam rastreados com o mesmo lote. Através desses cuidados conseguimos salvar vidas”, disse a participante da capacitação.

Construída pela Vale há 32 anos, a unidade tem capacidade para atender casos de baixa e média complexidade. Também é certificado pela ONA 2 – Acreditado Pleno, que atesta a qualidade no atendimento e capacita periodicamente os colaboradores dos setores de farmácia e enfermagem no intuito de padronizar o uso, conferência e reposição dos oitos carrinhos disponíveis nas áreas assistenciais do hospital. 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of