Carta de ex-paciente surpreende profissionais do Hospital São Luiz

Carta de ex-paciente surpreende profissionais do Hospital São Luiz

A equipe de internações da Clínica Médica, do Hospital São Luiz (HSL), em Cáceres (MT), unidade própria da Pró-Saúde, foram surpreendidos na última semana por Elba Mesquita, de 36 anos, que deixou uma carta agradecendo o cuidado e o carinho de todos os colaboradores.

Elba, que ficou internada no hospital durante sete dias, devido a um quadro de trombose, explica que foi acolhida por todos os profissionais logo de início. “Desde o primeiro momento eu me senti bem cuidada. Por isso, achei que deveria dizer a eles que fizeram um ótimo trabalho. A equipe do hospital é muito humana e profissional”, ressalta.

O enfermeiro assistencial, Eunatan da Silva, que atuou na recuperação da paciente, contou que o gesto de carinho foi gratificante. “Essa ação foi uma forma de nos sentirmos mais valorizados e ver que estamos no caminho certo”, disse.

Um dos destaques na carta da paciente foi o atendimento do São Luiz. “A toda a equipe HUMANA e profissional deste hospital que me fez sentir cuidada e protegida”, destacou na carta.

O atendimento humanizado é uma das diretrizes institucionais nas unidades gerenciadas pela Pró-Saúde em todo o País, sendo este um dos principais pilares da entidade para uma gestão de excelência. A instituição é uma das maiores no segmento de gestão hospitalar no Brasil, com mais de 50 anos de atuação.

Agradecimento

Recentemente, os colaboradores do HSL ganharam um outro gesto de carinho. Dessa vez de Ronivon Bedoni, ex-paciente que ficou internado no hospital, por cerca de 20 dias, devido à Covid-19.

Na carta, Bedoni destaca o comprometimento da equipe aos pacientes atendidos na unidade. “Sei que a equipe fez o seu melhor para minha recuperação. Hoje já estou em casa com minha família e fazendo a fisioterapia para melhor recuperação. Assim meus cumprimentos a todos os médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem que deram o seu máximo para que tudo isso fosse possível”, escreveu.