Câncer do colo do útero: sintomas e prevenção

Este é o terceiro tipo de câncer mais comum entre as mulheres; prevenção envolve exames ginecológicos regulares e a vacinação contra o HPV

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer do colo do útero é o terceiro tipo mais comum entre as mulheres. A doença é causada pela infecção persistente de alguns tipos do Papilomavírus Humano (HPV), e pode ser prevenida em 70% dos casos com a vacinação, disponivel na rede pública de saúde.

De acordo com informações do Ministério da Saúde, a infecção genital por esse vírus é frequente, mas não costuma ocasionar nenhuma doença. Porém, em alguns casos, podem ocorrer alterações celulares que evoluem para o câncer. Segundo o INCA, são estimados 16.590 novos casos da doença este ano no Brasil.

Além da vacina tetravalente, indicada para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos, a prevenção do câncer do colo do útero também engloba a realização periódica de exames ginecológicos para as mulheres, como o Papanicolau, indicado a partir dos 25 anos.

Por ser de evolução lenta, o câncer do colo do útero pode não apresentar sintomas em suas fases iniciais, o que torna a realização dos exames preventivos essencial. Diagnosticar o tumor do câncer precocemente eleva as chances de cura e evita o agravamento dos sintomas, que costumam aparecem em fases mais avançadas.

Os sintomas mais comuns do câncer do colo do útero são:
– Sangramento vaginal intermitente ou após relações sexuais;
– Secreção vaginal anormal;
– Dores abdominais relacionadas a complicações no intestino e ao urinar.

Vale ressaltar que o tabagismo, o uso prolongado de pílulas anticoncepcionais e a iniciação sexual precoce elevam os riscos da doença. Lembre-se, o acompanhamento ginecológico regular é fundamental para a saúde da mulher. Procure seu médico e previna-se!

Olá!

Este é o blog Vida Saudável, um espaço focado nas melhores dicas e informações sobre saúde e bem-estar, tudo com a assinatura da gestão Pró-Saúde.

Aproveite!


Últimos posts