Hospital Metropolitano forma a primeira cirurgiã do trauma de toda Região Norte

O setor de cirurgia sempre foi um território majoritariamente masculino, mas nas últimas décadas isso tem mudado. Há um pouco mais de três anos, a Região Norte do país formava sua primeira cirurgiã do trauma. Foi o programa de residência médica do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) que levou Thaiana Cerqueira Ferraz a conquistar este feito, de forma gratuita.

O hospital é a única referência em altas complexidades nesses atendimentos, em toda região.  Até então, a residência do HMUE havia formado outros oito profissionais. Além de Cirurgia do Trauma, a unidade também oferece especialização em Cirurgia Geral, Ortopedia e Traumatologia.

“O que fizemos aqui, muitas pessoas de outros estados com serviço de ponta, não têm oportunidade de vivenciar. E nós, mulheres, estamos mostrando que viemos para ficar na cirurgia”, destacou a cirurgiã.

Ampliar fonte
Contraste