Oncológico Infantil tem palestra sobre novo protocolo de morte encefálica | Pró-Saúde
Voltar para home
Imprensa

Oncológico Infantil tem palestra sobre novo protocolo de morte encefálica

06/02/2018

Oncológico Infantil tem palestra sobre novo protocolo de morte encefálica

Mesmo para os médicos mais experientes, o diagnóstico de morte cerebral de um paciente é um processo que sempre traz discussões. “A morte encefálica é um tema difícil de lidar, principalmente na pediatria, temos que estar preparados para explicar todo esse processo da melhor forma para as famílias”, explicou a diretora clínica do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, Patrícia Carvalho.

Patrícia é uma das médicas do corpo clínico do Hospital Oncológico Infantil que participou de palestra sobre o ‘Novo Protocolo de Morte encefálica’, realizada na última semana, no auditório da unidade, que é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospital, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A palestra foi ministrada pelo relator do texto do novo protocolo, o médico neurologista Hideraldo Cabeça.

Publicado pelo Conselho Federal de Medicina, em dezembro de 2017, o protocolo apresenta critérios mais rígidos no diagnóstico de morte encefálica de um paciente, garantindo maior segurança para os profissionais e para a família do paciente. “Nos últimos 20 anos, o Brasil teve mais de 100 mil diagnósticos de morte encefálica. Isso trouxe uma sedimentação na compreensão do assunto. Ao longo dos últimos anos, trouxemos o que há melhor no mundo para essa nova resolução, trazendo segurança para o médico e para a sociedade”, ressaltou Hideraldo Cabeça,

Uma das principais mudanças do protocolo está no tempo de observação do paciente com suspeita de morte cerebral, que deve ser de no mínimo seis horas, com atenção para a temperatura corporal, apneia persistente, entre outros pontos de avaliação.

A médica intensivista do Oncológico Infantil, Regina Monteiro, acompanhou a palestra até o final e falou sobre a importância da palestra e do espaço para debater com outros médicos da unidade. “Discutirmos esse protocolo é importante, mesmo para os médicos mais experientes, porque esclarece dúvidas e nos prepara para atuarmos de forma correta como equipe, e para lidarmos da melhor forma com as questões que podem ser levantadas pelos familiares do paciente”.

 Treinamentos

A rotina de palestras e treinamentos para médicos e profissionais da área assistencial do Oncológico Infantil é constante. Para este ano, os novos treinamentos serão definidos com base nas necessidades de cada equipe. “Precisamos debater alguns temas todos os dias e ampliarmos a discussão para os médicos. Estamos conversando com todo o corpo clínico e queremos ouvir deles, as necessidades de treinamento para fechar a agenda de capacitações de 2018”, finalizou a diretora clínica, Patrícia Carvalho.

 

+ Notícias

18/01/2018 - Pró-Saúde anuncia Semana de Farmácia Hospitalar com meta da Organização Mundial da Saúde

18/01/2019 - O papel do farmacêutico no ambiente hospitalar

17/01/2018 - Hospital Estadual de Urgência e Emergência realiza a 1ª Semana de Farmácia Hospitalar

17/01/2019 - IEC promove evento sobre cuidados paliativos

16/01/2019 - Sobre o uso consciente dos antibióticos. Um desafio para a saúde pública

16/01/2019 - Metropolitano reforça a segurança da Unidade com a contratação de bombeiros civis

16/01/2018 - Com 180 mil atendimentos em 2018, Hospital Estadual de Urgência e Emergência é referência

15/01/2018 - Incidência de picadas de escorpiões aumenta durante o verão brasileiro

14/01/2018 - Suspeita de peste bubônica é investigada no Rio de Janeiro

14/01/2018 - Lei institui mês de combate a hepatites virais

14/01/2018 - Hospital Oncológico Infantil recebe novos voluntários

14/01/2019 - Para o novo governo, deputados sugerem ações para garantir melhor acesso da população à saúde pública

14/01/2019 - Mais de 10.200 casos de sarampo foram confirmados no Brasil

11/09/2019 - Colaboradores do Hospital Estadual de Urgência e Emergência participam de atividades de gerenciamento de custos

10/01/2019 - Voluntários de projeto de passeio ciclístico adaptado no Parque do Utinga recebem orientações sobre primeiros socorros

10/01/2018 - Pró-Saúde completa um mês de gestão própria do Hospital São Luiz

09/01/2019 - Nova proposta prevê a diminuição de riscos de eclâmpsia em gestantes

09/01/2019 - SUS incorpora nova dosagem do medicamento para pacientes com esclerose múltipla

09/01/2019 - SUS oferece novos procedimentos para pacientes com degeneração da retina

09/01/2019 - Colaboradores do Materno-Infantil de Barcarena recebem treinamento sobre Time de Resposta Rápida

08/01/2019 - Workshop reforça Segurança do Paciente com atividades lúdicas e interatividade

08/01/2019 - Mural das Virtudes promove melhoria nas relações interpessoais no Hospital Regional de Altamira

07/01/2019 - Com mais de 14 mil partos e três milhões de consultas, Pró-Saúde encerra gestão do Hospital Municipal Nossa Senhora da Luz dos Pinhais e da UPA 24h, no Paraná

07/01/2019 - Hospital Galileu divulga resultado de aprovados para o curso de Cuidador de Idosos

07/01/2019 - Colaboradores do HU arrecadam roupinhas para bebês durante curso

07/01/2019 - Hospital Metropolitano realiza formatura de ABC para paciente internado no Centro de Tratamento de Queimados

02/01/2018 - Mãe e bebê prematuro recebem visita familiar para o Natal no Hospital Materno Infantil de Barcarena

02/01/2019 - Programação Natalina leva esperança e solidariedade para pacientes do HRPT

02/01/2019 - Hospital 5 de Outubro realiza programação musical de Natal

02/01/2019 - Hospital Metropolitano realiza VI Semana SIPAT