HEGV promove ações de conscientização no Dia Mundial da Sepse | Pró-Saúde
Voltar para home
Imprensa

HEGV promove ações de conscientização no Dia Mundial da Sepse

15/09/2017

HEGV promove ações de conscientização no Dia Mundial da Sepse

“A cada segundo alguém morre de sepse”, esta foi a frase estampada nas camisas dos colaboradores do Hospital Estadual Getúlio Vargas (HEGV), no Rio de Janeiro. O Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) organizou palestras e um tour pela unidade com o objetivo de divulgar o Dia Mundial da Sepse (13/09). Segundo o Instituto Latino Americano da Sepse (ILAS), a sepse é um conjunto de manifestações graves em todo o organismo, que são produzidas por uma infecção. De acordo com informações do ILAS, a sepse era conhecida antigamente como septicemia ou infecção no sangue. Hoje é mais conhecida como infecção generalizada.

Para reforçar a importância desse assunto, no período da manhã, a equipe do SCIH, com perucas coloridas e camisas personalizadas, visitou enfermarias e CTIs, promovendo um ‘quiz’ entre os colaboradores. Com apoio do Núcleo de Educação Permanente (NEP) e da Trupe ‘Sorriso de Criança’, enfermeiros, técnicos de enfermagem e médicos responderam perguntas sobre a SEPSE e ganharam brindes.

À tarde, a equipe assistencial participou de duas palestras, no auditório do HEGV. O médico coordenador adjunto da UTI adulto Vitor Montez, falou sobre a “Importância da Implementação do Protocolo de Sepse” e o enfermeiro da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT), Vladimir Begni, abordou o “Papel da Enfermagem no Reconhecimento da Sepse.” O diretor Assistencial Mauro Bizzo realizou a abertura do evento e destacou a necessidade de reconhecer e agir imediatamente nesse agravo de saúde. Segundo ele, deve-se eliminar a burocracia de todo o processo, disponibilizando de forma precoce, o tratamento com antibióticos direcionados e a terapia adjuvante. “O reconhecimento da sepse não depende de tecnologias avançadas de diagnóstico, mas sim de uma boa e velha abordagem à beira leito ”, concluiu.

Para a coordenadora médica do SCIH do HEGV, Sylvia Pavan, o intuito desta ação é chamar atenção para essa doença que é um problema de saúde pública mundial. “A sepse é uma reação do corpo contra uma infecção, que prejudica o funcionamento dos seus próprios órgãos. O diagnóstico deve ser precoce e o tratamento adequado. O dia 13 de setembro serve como uma alerta para todos nós, profissionais de saúde, e hoje aproveitamos para mais uma vez, discutirmos a implementação do protocolo clínico gerenciado de sepse”, ressaltou. 

Dados do ILAS mostram que, só no Brasil são registrados 670 mil casos por ano, e em 55% deles, os pacientes morrem. Ainda de acordo com o instituto, a doença é a principal geradora de custos nos setores público e privado, com 30% dos leitos de UTI no Brasil sendo ocupados por pacientes com sepse grave. No mundo, estima-se o registro de cerca de 15 a 17 milhões de novos casos de sepse anualmente.

 

+ Notícias

24/01/2019 - Hospital Galileu premia profissionais mais elogiados pelos pacientes

23/01/2019 - Hospital Materno-Infantil de Barcarena participa da 1º Semana de Farmácia Hospitalar da Pró-Saúde

23/01/2019 - HEGV participa da Semana de Farmácia Hospitalar

23/01/2019 - As 10 principais ameaças para a saúde em 2019

23/01/2019 - CFM divulga que metade das prefeituras gastam menos de R$403 ao ano na saúde

21/01/2019 - Saúde: SBIm alerta os participantes da Jornada Mundial de Juventude sobre a importância da vacinação

21/01/2019 - Saúde: Ministério da Saúde brasileiro se preocupa com doença toxi-infecciosa vinda da Venezuela

21/01/2019 - Humanização durante o parto no HU fortalece vínculo entre mãe e bebê

21/01/2019 - Hospital Estadual de Urgência e Emergência conta com o serviço de Terapia Ocupacional

21/01/2019 - Pró-Saúde lança site do Hospital Materno-Infantil de Barcarena com foco na transparência dos serviços oferecidos para a sociedade

18/01/2019 - Pró-Saúde anuncia Semana de Farmácia Hospitalar com meta da Organização Mundial da Saúde

18/01/2019 - O papel do farmacêutico no ambiente hospitalar

17/01/2019 - Hospital Estadual de Urgência e Emergência realiza a 1ª Semana de Farmácia Hospitalar

17/01/2019 - IEC promove evento sobre cuidados paliativos

16/01/2019 - Saúde: Sobre o uso consciente dos antibióticos. Um desafio para a saúde pública

16/01/2019 - Metropolitano reforça a segurança da Unidade com a contratação de bombeiros civis

16/01/2019 - Com 180 mil atendimentos em 2018, Hospital Estadual de Urgência e Emergência é referência

15/01/2019 - Saúde: Incidência de picadas de escorpiões aumenta durante o verão brasileiro

14/01/2019 - Saúde: Suspeita de peste bubônica é investigada no Rio de Janeiro

14/01/2019 - Saúde: Lei institui mês de combate a hepatites virais

14/01/2019 - Hospital Oncológico Infantil recebe novos voluntários

14/01/2019 - Saúde - Para o novo governo, deputados sugerem ações para garantir melhor acesso da população à saúde pública

14/01/2019 - Saúde: Mais de 10.200 casos de sarampo foram confirmados no Brasil

11/09/2019 - Colaboradores do Hospital Estadual de Urgência e Emergência participam de atividades de gerenciamento de custos

10/01/2019 - Voluntários de projeto de passeio ciclístico adaptado no Parque do Utinga recebem orientações sobre primeiros socorros

10/01/2019 - Pró-Saúde completa um mês de gestão própria do Hospital São Luiz

09/01/2019 - Saúde: Nova proposta prevê a diminuição de riscos de eclâmpsia em gestantes

09/01/2019 - Saúde: SUS incorpora nova dosagem do medicamento para pacientes com esclerose múltipla

09/01/2019 - Saúde: SUS oferece novos procedimentos para pacientes com degeneração da retina

09/01/2019 - Colaboradores do Materno-Infantil de Barcarena recebem treinamento sobre Time de Resposta Rápida