I OncoJúnior – Fórum de Oncologia para Pacientes do Hospital Oncológico Infantil acontece em Belém | Pró-Saúde
Voltar para home
Imprensa

I OncoJúnior – Fórum de Oncologia para Pacientes do Hospital Oncológico Infantil acontece em Belém

20/06/2017

Jogos, brincadeiras, gincanas, bate-papos e trocas de experiências, animados por personagens infantis e youtubers, estarão movimentando uma manhã inteira de programação especial dirigida a crianças e adolescentes que fazem tratamento contra o câncer em Belém (PA). Tudo para ajudar meninos e meninas de zero a 19 anos a entenderem melhor o que é que se passa com sua saúde e também como eles mesmos podem contribuir para seus próprios tratamentos. Esse é o objetivo do I OncoJúnior, Fórum de Oncologia para Pacientes do Hospital Oncológico Infantil, a ser realizado na próxima quarta-feira, 21/6, no Hotel Princesa Louçã, no bairro da Campina.

Prevista para uma manhã inteira, a programação estará envolvendo cerca de 120 participantes, entre pais e mães, crianças e jovens atendidos pelo hospital e também profissionais, gestores de saúde e voluntários convidados.

“No Oncológico, nos preocupamos em garantir dois eventos científicos por ano: um voltado aos profissionais e outro aos pacientes. O Fórum OncoJúnior tem o objetivo de empoderar as crianças e adolescentes acolhidos pelo nosso hospital. Quanto mais eles souberem sobre a doença e os tratamentos, maior será a adesão deles a esses cuidados”, ressalta Alba Muniz, diretora-geral do Hospital Oncológico Infantil.

Em tempos onde o foco dos debates em oncologia infantil se voltam cada vez mais para os esforços de aumento das taxas de cura, seja por meio de diagnósticos precoces, do acesso mais rápido a tratamentos e da qualificação dos cuidados em oncologia, a gestora do Oncológico Infantil lembra que é preciso pensar que esses jovens e crianças, e seus familiares, também precisam ter acesso a mais conhecimentos para saberem se cuidar.

“E é claro que crianças também podem ser orientadas a respeito, dentro do que é possível abordar na idade delas, sobre cuidados com higiene, alimentação e bons hábitos. O objetivo é orientar, de forma adequada a cada um, de que maneiras eles também podem contribuir para o próprio tratamento”, ressalta Alba Muniz.    


Programação tamanho família

Uma mostra da preocupação com o cuidado integral dos pacientes e familiares hoje envolvidos pela rotina do Hospital Oncológico Infantil é a maneira como a agenda do I Fórum Oncojúnior foi pensada. Paralelamente à programação, voltada às crianças e adolescentes atendidos pelo hospital, outro evento realizado pelo Oncológico estará sendo dedicado exclusivamente às mães e acompanhantes. Na manhã da mesma quarta, 21/6, o hotel Princesa Louçã também sediará o “I Workshop Empreender – Fortalecendo o Protagonismo das Mulheres”, que visa oferecer cenários para o trabalho e a geração de renda entre mulheres brasileiras, além de abordar orientações práticas para a busca de carreiras empreendedoras, para a identificação de oportunidades de negócios e para o uso de redes sociais em vendas. O evento é uma parceria do hospital com a ONU Mulheres, entidade das Nações Unidas para Igualdade de Gênero e Empoderamento das Mulheres.

Enquanto mães, acompanhantes e responsáveis se capacitam para identificarem oportunidades de negócios, meninos e meninas do Oncológico Infantil se revezarão entre quatro outros ambientes do hotel Princesa Louçã. As atividades do I Fórum Oncojúnior, voltadas a diferentes faixas etárias, incluirão jogos de perguntas, brincadeiras, bate-papos e gincanas. A programação terá ainda participação da escritora mirim Beatriz Feio Lopes, de 9 anos, autora de “Lari e Lara – O mistério da fazenda”. Também participará da equipe que produz conteúdos dirigidos ao You Tube pelo Canal The Rocha, além de apoio de voluntários do Instituto Áster e Espaço Materno Casa de Mãe.

A diretora do Oncológico Infantil ressalta ainda que é possível, com a ajuda de programas de humanização do atendimento, oferecer oportunidades de superação econômica e em saúde mesmo frente a adversidades como as exigências impostas pelos tratamentos oncológicos que, geralmente, mudam rotinas de famílias inteiras, e exigem atenção integral de pais e filhos a terapias que podem durar até quatro anos de convívio diário, com acompanhamentos em ambientes de hospitais.

Um exemplo é a história do menino I. L. S. S., de 6 anos. Desde setembro do ano passado, ele e sua mãe, Ana Lúcia de Souza Saraiva, 31, partiram de Bragança para passar a dedicar seus dias ao cotidiano do tratamento oferecido pelo Hospital Oncológico Infantil.

I.L.S.S. é hoje um dos alunos da Escola Prosseguir, núcleo do Hospital Oncológico Infantil que dá assistência a crianças em tratamento no estabelecimento para que continuem seus estudos. Por meio de parceria firmada com Secretaria Estadual de Educação (Seduc), ele pode seguir tendo aulas voltadas à primeira série do Ensino Fundamental, pelas manhãs, no quinto andar do hospital.

No segundo semestre, a mãe, Ana Lúcia de Souza, por sua vez, realizará um sonho: sua colação no Ensino Médio está marcada para setembro próximo - justamente quando seu filho completará um ano de tratamento contra o câncer. A conquista veio com ajuda da parceria, que permitiu que provas fossem aplicadas no próprio Oncológico Infantil, para que a mãe pudesse tirar seu diploma.

Ana Lúcia planeja agora se formar como técnica em Enfermagem e trabalhar no ramo. Para tanto, pretende ir à busca do curso já em 2018. Diz que é um sonho que alimentou vivendo a rotina dos hospitais. 'Quero ajudar pessoas e outras crianças como meu filho'. O menino teve que retirar um rim para combater o câncer. Atualmente faz tratamento de quimioterapia contra uma metástase no pulmão. Em breve terá apoio de radioterapia.

Mãe de ainda outras duas crianças, de 4 e 11 anos, Ana Lúcia deixa com o marido e a irmã os cuidados dos outros filhos e do lar em Bragança. Enquanto isso, a mãe se mantém em Belém com o filho, acolhida pela Casa Ronald McDonald - abrigo de apoio que mantém parceria com o Hospital Oncológico Infantil para ajudar famílias do interior que buscam tratamento em Belém, como acontece com cerca de 75% da clientela do hospital, atualmente.


Referência contra o câncer

Inaugurado em outubro de 2015, e gerido pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, mediante contrato firmado com o Governo do Estado e Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), o Hospital Oncológico Infantil é uma unidade de atendimento público em saúde e é referência no Pará e também no Norte e Nordeste em atendimento especializado contra o câncer na infância e na juventude.

Em menos de dois anos, o Oncológico quintuplicou o número de leitos para o tratamento do câncer voltado a esse público no Estado. Hoje, o Pará não tem filas para quem busca esse atendimento especializado. A cada mês, realiza cerca de 550 consultas, além de 2.500 sessões de quimioterapia e cerca de 110 internações. Dos 89 leitos disponíveis no Oncológico, dez são destinados à UTI. Os pacientes em terapia no hospital também têm acesso a atendimento de pronto socorro, que no Oncológico Infantil fica aberto 24 horas por dia. São cerca de 20 atendimentos diários.

Entre janeiro de 2016 a abril 2017, os números dos serviços realizados pelo hospital acumularam 7.989 consultas ambulatoriais; 35.837 infusões quimioterápicas; 644 cirurgias; 188.410 serviços de diagnóstico e tratamento; e 180.857 exames de análises clínicas; além de um volume total de 25.725 atendimentos.

Em abril passado o Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo foi habilitado pelo Ministério da Saúde (MS) como a mais nova Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) da região amazônica, com atuação dedicada à oncologia pediátrica.

 

I OncoJúnior -  Fórum de Oncologia para Pacientes do Hospital Oncológico Infantil
I Workshop Empreender - Fortalecendo o protagonismo feminino

Quando: dia 21/06, às 8h.
Onde: Hotel Princesa Louçã, na avenida Presidente Vargas, 882, Belém (PA)
Inscrições: na recepção UAI (Unidade de Atendimento Imediato) do Oncológico Infantil, na travessa 14 de abril com Magalhães Barata, São Brás, Belém (PA). 

Programação geral 

08h – Credenciamento
08h30 – Abertura 
09h – Início das oficinas do I Fórum OncoJúnior e I Workshop Empreender


Programação do Fórum OncoJúnior

9h – Início das oficinas

Grupo 1 – Crianças de 0 a 4 anos
Atividade sensorial “movimentar e desenvolver”.  
Apoio de voluntários do Instituto Áster e Espaço Materno Casa de Mãe

Grupo 2 – Crianças de 5 a 7 anos
Atividades: Trilha OncoJúnior e Quizz

Grupo 3 – Crianças de 8 a 12 anos
Gincana com temática voltada ao tratamento oncológico e desenvolvimento psicopedagógico. Apoio de professores do Programa Prosseguir

Grupo 4 – Adolescentes de 13 a 19 anos
Roda de conversa com adolescentes que venceram o câncer. 
Jogo do Improviso, com a equipe do Canal The Rocha

11 h – Coffee break

11h15 – Lançamento, com distribuição de livros e autógrafos, com escritora mirim Beatriz Feio Lopes, autora de “Lari e Lara – O mistério da fazenda”

11h45 – Encerramento

 

Programação I Workshop Empreender

9h – Início do workshop

- “Desafios das mulheres brasileiras e a importância do empoderamento econômico” 
Adriana Carvalho -  ONU Mulheres

“Espírito empreendedor e caminhos para empreender”
Marcela Matias – Rede Mulher Empreendedor 

“Como identificar possibilidades e um breve relato de mulheres que empreenderam no setor de alimentação”
Erica Zanotti – Consulado da Mulher 

“Como usar o Facebook para empreender”
Camila Fusco – Facebook 

 

+ Notícias

18/01/2018 - Pró-Saúde anuncia Semana de Farmácia Hospitalar com meta da Organização Mundial da Saúde

18/01/2019 - O papel do farmacêutico no ambiente hospitalar

17/01/2018 - Hospital Estadual de Urgência e Emergência realiza a 1ª Semana de Farmácia Hospitalar

17/01/2019 - IEC promove evento sobre cuidados paliativos

16/01/2019 - Sobre o uso consciente dos antibióticos. Um desafio para a saúde pública

16/01/2019 - Metropolitano reforça a segurança da Unidade com a contratação de bombeiros civis

16/01/2018 - Com 180 mil atendimentos em 2018, Hospital Estadual de Urgência e Emergência é referência

15/01/2018 - Incidência de picadas de escorpiões aumenta durante o verão brasileiro

14/01/2018 - Suspeita de peste bubônica é investigada no Rio de Janeiro

14/01/2018 - Lei institui mês de combate a hepatites virais

14/01/2018 - Hospital Oncológico Infantil recebe novos voluntários

14/01/2019 - Para o novo governo, deputados sugerem ações para garantir melhor acesso da população à saúde pública

14/01/2019 - Mais de 10.200 casos de sarampo foram confirmados no Brasil

11/09/2019 - Colaboradores do Hospital Estadual de Urgência e Emergência participam de atividades de gerenciamento de custos

10/01/2019 - Voluntários de projeto de passeio ciclístico adaptado no Parque do Utinga recebem orientações sobre primeiros socorros

10/01/2018 - Pró-Saúde completa um mês de gestão própria do Hospital São Luiz

09/01/2019 - Nova proposta prevê a diminuição de riscos de eclâmpsia em gestantes

09/01/2019 - SUS incorpora nova dosagem do medicamento para pacientes com esclerose múltipla

09/01/2019 - SUS oferece novos procedimentos para pacientes com degeneração da retina

09/01/2019 - Colaboradores do Materno-Infantil de Barcarena recebem treinamento sobre Time de Resposta Rápida

08/01/2019 - Workshop reforça Segurança do Paciente com atividades lúdicas e interatividade

08/01/2019 - Mural das Virtudes promove melhoria nas relações interpessoais no Hospital Regional de Altamira

07/01/2019 - Com mais de 14 mil partos e três milhões de consultas, Pró-Saúde encerra gestão do Hospital Municipal Nossa Senhora da Luz dos Pinhais e da UPA 24h, no Paraná

07/01/2019 - Hospital Galileu divulga resultado de aprovados para o curso de Cuidador de Idosos

07/01/2019 - Colaboradores do HU arrecadam roupinhas para bebês durante curso

07/01/2019 - Hospital Metropolitano realiza formatura de ABC para paciente internado no Centro de Tratamento de Queimados

02/01/2018 - Mãe e bebê prematuro recebem visita familiar para o Natal no Hospital Materno Infantil de Barcarena

02/01/2019 - Programação Natalina leva esperança e solidariedade para pacientes do HRPT

02/01/2019 - Hospital 5 de Outubro realiza programação musical de Natal

02/01/2019 - Hospital Metropolitano realiza VI Semana SIPAT