Acompanhantes aprendem a produzir chaveiro em oficina do Hospital Metropolitano | Pró-Saúde
Voltar para home
Imprensa

Acompanhantes aprendem a produzir chaveiro em oficina do Hospital Metropolitano

06/12/2016

Acompanhantes aprendem a produzir chaveiro em oficina do Hospital Metropolitano

Para a dona de casa dona de casa, Joelma Leal, o processo de hospitalização é cansativo e, por vezes, estressante. Ela acompanha o filho de apenas nove anos, que foi atropelado por uma motocicleta. A família está há duas semanas no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua (PA). O caso de Cirlene Santiago é ainda mais difícil. Ela também acompanha o filho internado por conta de uma fratura exposta no braço, em função também de um acidente de moto. No entanto, a recuperação da criança já dura mais de um mês.

Para amenizar a rotina de ambas, o Hospital Metropolitano realizou, por meio de uma equipe de terapeutas ocupacionais, uma “Oficina Operativa”, cuja função é promover uma atividade prática junto as acompanhantes. A residente de Terapia Ocupacional, Natália Pereira, coordenou o processo. “Observamos o tratamento com outra visão, também focando no acompanhante. Então, trazemos algumas oficinas de orientação, produtivas e operativas, que tem um produto final”. Esta edição da “Oficina Operativa” produziu um chaveiro.

A ideia é que a atividade, além de atuar como um aliado no processo de hospitalização, contribua futuramente com a própria renda familiar. “Elas podem levar esses ensinamentos para casa e é algo a mais que se pode ter de geração de renda, além de passar o tempo, tirar o ócio, minimizando o estresse próprio do ambiente hospitalar”, detalhou a residente Natália.

A aceitação das mães foi imediata. “A rotina em um hospital é claro que é cansativa, acabamos nos estressando, mas estas atividades ajudam. A gente se distrai, fica alegre, conversa, tem um diálogo com as outras mães”, explica Joelma Leal. O mesmo raciocínio tem Cirlene Santiago. Ela falou claramente que o desejo é levar a atividade para Tailândia, município paraense, como forma de acrescentar a renda familiar. “A oficina nos ajuda, incentiva o raciocínio. É legal que nós aprendemos algo. Vou levar para a minha cidade estes ensinamentos e tentar ganhar dinheiro”.

A terapeuta ocupacional do Hospital Metropolitano, Sandra Soares, que atua como preceptora da residente Natália, analisou a oficina como uma forma de aliar a teoria à prática, avaliando o trabalho da residente. “A atividade, que é um instrumento da Terapia Ocupacional, envolve como elaboração, desenvolvimento e análise dos objetivos, contribuindo com o crescimento da residente”, afirmou. Sandra disse que a atividade também pode contribuir com o próprio paciente internado, pois as acompanhantes, que atuam de forma fundamental junto ao usuário do Sistema Único de Saúde (SUS), eliminam o estresse e a ansiedade. “Elas conseguem aprender uma atividade que pode ser rentável futuramente. E por alguns minutos, esquecem que estão internadas no hospital junto com os filhos. Começa-se a fazer projetos e isso contribui com toda a situação”.  

 

+ Notícias

18/01/2018 - Pró-Saúde anuncia Semana de Farmácia Hospitalar com meta da Organização Mundial da Saúde

18/01/2019 - O papel do farmacêutico no ambiente hospitalar

17/01/2018 - Hospital Estadual de Urgência e Emergência realiza a 1ª Semana de Farmácia Hospitalar

17/01/2019 - IEC promove evento sobre cuidados paliativos

16/01/2019 - Sobre o uso consciente dos antibióticos. Um desafio para a saúde pública

16/01/2019 - Metropolitano reforça a segurança da Unidade com a contratação de bombeiros civis

16/01/2018 - Com 180 mil atendimentos em 2018, Hospital Estadual de Urgência e Emergência é referência

15/01/2018 - Incidência de picadas de escorpiões aumenta durante o verão brasileiro

14/01/2018 - Suspeita de peste bubônica é investigada no Rio de Janeiro

14/01/2018 - Lei institui mês de combate a hepatites virais

14/01/2018 - Hospital Oncológico Infantil recebe novos voluntários

14/01/2019 - Para o novo governo, deputados sugerem ações para garantir melhor acesso da população à saúde pública

14/01/2019 - Mais de 10.200 casos de sarampo foram confirmados no Brasil

11/09/2019 - Colaboradores do Hospital Estadual de Urgência e Emergência participam de atividades de gerenciamento de custos

10/01/2019 - Voluntários de projeto de passeio ciclístico adaptado no Parque do Utinga recebem orientações sobre primeiros socorros

10/01/2018 - Pró-Saúde completa um mês de gestão própria do Hospital São Luiz

09/01/2019 - Nova proposta prevê a diminuição de riscos de eclâmpsia em gestantes

09/01/2019 - SUS incorpora nova dosagem do medicamento para pacientes com esclerose múltipla

09/01/2019 - SUS oferece novos procedimentos para pacientes com degeneração da retina

09/01/2019 - Colaboradores do Materno-Infantil de Barcarena recebem treinamento sobre Time de Resposta Rápida

08/01/2019 - Workshop reforça Segurança do Paciente com atividades lúdicas e interatividade

08/01/2019 - Mural das Virtudes promove melhoria nas relações interpessoais no Hospital Regional de Altamira

07/01/2019 - Com mais de 14 mil partos e três milhões de consultas, Pró-Saúde encerra gestão do Hospital Municipal Nossa Senhora da Luz dos Pinhais e da UPA 24h, no Paraná

07/01/2019 - Hospital Galileu divulga resultado de aprovados para o curso de Cuidador de Idosos

07/01/2019 - Colaboradores do HU arrecadam roupinhas para bebês durante curso

07/01/2019 - Hospital Metropolitano realiza formatura de ABC para paciente internado no Centro de Tratamento de Queimados

02/01/2018 - Mãe e bebê prematuro recebem visita familiar para o Natal no Hospital Materno Infantil de Barcarena

02/01/2019 - Programação Natalina leva esperança e solidariedade para pacientes do HRPT

02/01/2019 - Hospital 5 de Outubro realiza programação musical de Natal

02/01/2019 - Hospital Metropolitano realiza VI Semana SIPAT