Voluntários entregam cartas a pacientes internados no Hospital Regional de Santarém

Pelo segundo ano seguido, as 'Marias de Deus' percorreram os leitos do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA) para entregar cartas com mensagens de apoio, carinho e fé aos pacientes, acompanhantes e colaboradores da unidade. Este ano, o grupo percorreu mais de 180 leitos, divididos entre clínicas, Unidades de Terapia Intensiva, Acolhimento e Hemodiálise.

As cartas foram enviadas por pessoas de vários lugares, escritas com a intenção de proporcionar um Natal diferente para quem vai passar em um hospital, com palavras de renovação e esperança. “Levamos os sentimentos de gratidão e reflexão, com certeza. Após estar com essas pessoas, passamos a dar mais valor para a vida e começamos a reclamar menos. Quisera nós que esse sentimento se perpetuasse ao longo do ano”, reflete uma das integrantes do grupo, Sabrina Tainá.

As reações ao receber as cartas mostram o quanto o gesto é importante e pode fazer a diferença na vida de quem está em um hospital. “Receber a visita de pessoas que nem conhecemos acaba nos dando conforto. Tudo o que eu queria de presente, a coisa mais importante, é a saúde da minha filha. Queria que ela se recuperasse bem para voltarmos para casa”, diz Ana Cláudia, que veio de Monte Alegre para acompanhar a filha.

Outro que se emocionou bastante foi Reinaldo Gomes. Ele veio de Itaituba para o filho ser tratado. “Eu quero que Deus me ajude a recuperar a saúde do meu filho. A saúde dele é o maior presente que posso receber, para que eu possa tê-lo ao meu lado até quando Deus permitir”, afirma, em meio a lágrimas. Ele agradeceu as palavras e os abraços de conforto que recebeu dos voluntários.

A enfermeira Patrícia Costa é integrante do Comitê de Humanização do hospital, e acompanhou a visita das 'Marias de Deus'. “Os pacientes acamados vão passar o Natal e o Ano Novo internados aqui, longe da família. Então, o projeto é muito bom, porque pode trazer conforto para os pacientes no momento em que eles mais estão precisando, que lembram da família que está em casa”, explica.

Ana Carolina foi a responsável por personificar o Papai Noel. Como já previa muita emoção, ela esteve todo o tempo de óculos escuros para esconder as lágrimas. “Tem vários pacientes que moram aqui no hospital, então a rotina não é fácil, dá muita dor no coração de vê-los assim. É importante trazer um pouco de magia para eles, uma palavra de força, de coragem. Nós levamos muito mais do que deixamos”, conta.

O grupo de voluntários ainda contou com um flautista, que tocou músicas natalinas durante toda a visita, e com o 'Homem-Aranha', um dos personagens mais queridos pelas crianças. A ação foi coordenada pelo Comitê de Humanização do Hospital Regional do Baixo Amazonas – pertencente ao Governo do Pará e gerenciado, desde 2008, pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of