Treinamento focado em pessoas é diferencial no Hospital Galileu

Manter a motivação e a integração de uma equipe formada por muitos colaboradores, ainda é um desafio para muitas instituições. De acordo com a especialista em liderança e coach, Tânia Miranda, inovar na capacitação dos colaboradores e oferecer aquele algo a mais que fará diferença no dia a dia de trabalho é um diferencial dentro das instituições que fazem sucesso e as que não fazem. “É preciso que cada vez mais as instituições entendam que não dá mais para fazer o mesmo que se fazia antes se você quer obter resultados diferentes”.

No Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), unidade gerida pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar por meio de contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), localizado em Belém (PA), esse investimento em pessoas já é realidade, e é tão importante quanto o investimento em infraestrutura. “Eu trabalho no Hospital Galileu desde 2014, quando inaugurou, e percebo todo o investimento que a instituição faz nos profissionais. Hoje me sinto bem mais preparada do que antes. Todos os gestores estão cada vez mais qualificados”, afirma a coordenadora de Enfermagem, Regiane Bezerra.

A coordenadora de Enfermagem é um dos cerca de quarenta membros da equipe gestora, que participaram de um treinamento diferenciado oferecido pela instituição na última quinta-feira, 30/11, no Clube dos Oficiais da Marinha. Os colaboradores saíram dos muros da unidade para experimentar um treinamento, no qual tiveram que se tornar peças de um jogo de damas, expressar seus sentimentos uns pelos outros e até construir um barco de papelão para salvar vidas.

Regiane Bezerra comenta o efeito disso na sua perspectiva profissional e como pessoa. “O que vai fazer diferença para mim, principalmente, é porque entendi de fato o que é quebrar muros, o que é conviver no coletivo profissionalmente falando. E para mim, com certeza, vai fazer diferença quando eu voltar para o trabalho”, declarou.

A especialista em liderança e coach, Tânia Miranda, foi a convidada da entidade para ministrar o treinamento, focado no conceito de “team building”, cujo objetivo principal era fortalecer a integração da equipe e de seus gestores. “É um trabalho no qual atividades lúdicas trazem respostas para o ambiente corporativo, mas principalmente para a área pessoal de cada um”, explica. “No entanto, queríamos um pouco mais, queríamos trazer métodos e promover insights para fortalecer a auto performance, dirimir fragilidades e apontar pontos de melhoria”, completa.

O diretor-geral do Hospital Galileu, Saulo Mengarda, explica como surgiu a ideia do treinamento para a equipe da unidade. “Já tínhamos feito treinamentos em sala, dentro do hospital, e esse foi realmente pensado diferente para proporcionar um resultado diferente. E a gente percebe pelas respostas das pessoas durante o próprio treinamento, que o resultado foi atingido. Esperamos que agora eles levem isso para o seu local de trabalho e consigam fazer essa conexão, que o mesmo trabalho em equipe que deu certo durante as atividades, vai dar certo no hospital”, frisou.

Para a coordenadora de Gestão de Pessoas do Hospital Galileu, Léa Azevedo, o aprendizado retirado do treinamento já está fazendo diferença. “Me levou a autorreflexão, perceber o que preciso mudar enquanto pessoa e enquanto gestora para contribuir com o restante da minha equipe”, comentou. Ela que conhece bem a equipe de colaboradores da unidade também comenta que se surpreendeu com os resultados da atividade. “Me surpreendi muito positivamente porque percebi que diante dos desafios a equipe se une, e consegue isso de uma forma leve, de uma forma positiva. Quando você quebra um pouco a rotina, sai da sua zona de conforto e vai para outro lugar, abre a cabeça para novas ideias”, concluiu.

Unidade

O Hospital Público Estadual Galileu é uma unidade 100% SUS, gerida pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), que oferta atendimentos em clínica médica, ortopedia, cardiologia, anestesistas, radiologia, intensivista, infectologista, neurologista, endoscopista e cirurgia torácica.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of