Sete projetos desenvolvidos no Hospital Cinco de Outubro são destaques no Encontro Nacional de Enfermagem

O trabalho desenvolvido pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar como gestora do Hospital Cinco de Outubro (HCO), localizado em Canaã dos Carajás, ultrapassou as fronteiras do Estado do Pará e da região Norte. Sete projetos/protocolos de segurança implantados na unidade foram aprovados ao XI Encontro Nacional de Gerenciamento de Enfermagem (Enenge), que acontece em Campos do Jordão (SP) até o dia 23 de agosto. Os trabalhos estão sendo expostos desde o dia 21/8.

O elemento comum entre os trabalhos aprovados é a inovação em prol da humanização do ambiente hospitalar e da atenção centrada no paciente. Para a gerente Assistencial da Pró-Saúde no HCO, Esla Lessa Borba, que está apresentando os trabalhos durante o evento, a aprovação ao Encontro reconhece a excelência do serviço oferecido no HCO.

“É de suma importância esse reconhecimento. Expor nossas inovações em instrumentos e rotinas dentro das instituições hospitalares, assim como alguns de nossos pontos fortes em práticas e protocolos, traz visibilidade ao serviço multidisciplinar assistencial prestado por nossa instituição”, afirmou Borba.

O Enenge mobiliza lideranças em Enfermagem do país inteiro para um momento de reflexão e partilha de experiências exitosas. Ao todo, 207 trabalhos estão sendo expostos durante o Encontro em Campos do Jordão. “Além de apresentar os trabalhos, poder participar do Enenge certamente agregará conhecimento e reflexão para ser compartilhado com a equipe do HCO. Estou muito feliz com essa participação”, disse a gerente Assistencial da Pró-Saúde no Hospital Cinco de Outubro.

Os trabalhos do HCO que foram aprovados e estão expostos na sessão pôster, são: o projeto “Amor de mãe: cuidando da gestante e do bebê”; o projeto “Cuidar de quem cuida: um programa de promoção da saúde do trabalhador”; “projeto Especial para Crianças: relato da experiência de um projeto multidisciplinar”; implantação dos protocolos de segurança, de cirurgia e parto seguro, dos processos de medicação beira-leito, e de inovação em instrumentos para classificação de pacientes.

Os resultados da implantação dos projetos e dos protocolos de segurança no hospital são positivos e vão do aumento dos indicadores de satisfação dos usuários e colaboradores à grande adesão dos profissionais aos novos protocolos. De acordo com os indicadores, o protocolo de cirurgia e parto seguro teve adesão acima de 80% no último ano.

Projetos

O projeto “Amor de mãe: cuidando da gestante e do bebê” propõe humanização em todas as etapas do atendimento, desde a descoberta da gravidez até as consultas de puericultura do bebê, trazendo o paciente e a família para o centro do cuidado. O projeto conta com a participação ativa de uma equipe multidisciplinar que atua desde o agendamento das consultas de pré-natal, a entrega do cartão da gestante, realização do curso de gestante, avaliação pré-anestésica e visita à maternidade.

Já o “Cuidar de quem cuida: um programa de promoção da saúde do trabalhador”, como o nome faz referência, é voltado para os profissionais que atuam no hospital. É um projeto multidisciplinar, que visa estimular hábitos mais saudáveis entre os colaboradores, assim como conhecer e acompanhar como está a saúde desse colaborador.

Por último, o “projeto Especial para Crianças:  relato de experiência de um projeto multidisciplinar”, implantado em 2014, é voltado para crianças, a partir de três anos, portadoras de autismo, deficiência mental, depressão, deficiência auditiva e síndrome de down. Possibilita a identificação, diagnóstico e tratamento, voltado para o aperfeiçoamento e o desenvolvimento das potencialidades dessas crianças.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of