Semana de Doação de Órgãos é celebrada com palestras no HEGV

O Hospital Estadual Getúlio Vargas (HEGV), no Rio de Janeiro (RJ), realizou a “3ª Semana de Doação de Órgãos”, organizada pela Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) e pelo Núcleo de Educação Permanente (NEP). Foram três dias de palestras com temas impactantes.

Entre eles, “Captação de Tecidos com o Coração Parado”, ministrada por Victor Roisman, responsável pelo Banco de Tecidos do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO); “Sou doador de órgãos. E você?”, apresentada pela enfermeira do CIHDOTT do HEGV, Mônica França, e “Manutenção do Paciente para Protocolo de Morte Encefálica e Potencial Doador”, dissertada pelo também enfermeiro do CIHDOTT da unidade, Wladmir Begni.

Entretanto, o ponto alto do evento ficou para o último dia, quando o paciente Gabriel Montenegro, de 24 anos, piloto de motocross, contou sua história: “Fui diagnosticado, em 2014, com hepatite e precisava de um transplante de fígado. Entrei na fila e minha prioridade era zero. Só que três meses depois, um paciente aqui do Getúlio Vargas teve morte encefálica e a família aceitou a doação de órgãos. Graças a eles estou aqui’, afirmou emocionado.

Cerca de 200 pessoas, entre colaboradores e convidados, participaram das palestras. Por iniciativa dos próprios participantes, camisetas personalizadas para o evento foram produzidas e folhetos de conscientização foram distribuídos. De janeiro a setembro deste ano, o HEGV já enviou ao Programa Estadual de Transplante (PET) 42 notificações de Potencial Doador em Morte Encefálica. No mesmo período, a unidade contabilizou 10 doações de órgãos.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of