Programa ”Direção Viva” orienta estudantes sobre trânsito seguro em Altamira

“Ele acaba vivendo isso no dia a dia, pois se locomove de bicicleta para o trabalho e a escola, é um ciclista. Ele achou importante para que os colegas conheçam a realidade. Disse que já viu casos de pessoas que ficaram com sequelas por conta de acidentes”. O relato acima é do aluno Roniedson Andrade, da Escola Polivalente de Altamira, no sudoeste do Pará, interpretado pela professora Andréia Pontes.

Roniedson é deficiente auditivo e foi um dos estudantes da instituição que assistiram a palestra do Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), na noite de quarta-feira, 30/8. A palestra faz parte do programa “Direção Viva: você consciente, trânsito mais seguro” e foi a primeira “Ação do Bem” da unidade, em comemoração pelos 50 anos da Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, entidade que administra a unidade, sob contrato de gestão com Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

A “Ação do Bem” ocorreu no auditório da Escola Polivalente. O objetivo foi de conscientizar os estudantes sobre a importância de boas práticas no trânsito para evitar acidentes, que são frequentes na cidade e região – só no primeiro semestre deste ano, o HRPT atendeu 253 pacientes vítimas de acidentes de trânsito.

Durante a explicação, foram mostrados exemplos de sequelas físicas oriundas de acidentes de trânsito. Os estudantes também receberam orientações sobre como evitar qualquer risco ao conduzir uma moto ou bicicleta – veículos que são maioria em Altamira. Por fim, a pauta álcool e direção também foi abordada, destacando os malefícios das bebidas alcoólicas para os reflexos e o poder de reação dos condutores de veículos.

Enquanto a palestra acontecia, a professora ia passando o que era explicado ao aluno, por meio da Língua Brasileira de Sinais (Libras). “Pela explicação que eu passei a ele em Libras, ele achou bastante interessante. Ele realmente entendeu a importância de falar do assunto”, comenta Andréia Pontes. Os dois, inclusive, mostraram o sinal que identifica o HRPT para a comunidade surda altamirense.

Ao final da ação, o diretor-geral do hospital convidou os estudantes a visitarem a unidade e entenderem um pouco mais do trabalho desenvolvido pelo HRPT. “O Hospital Regional é um dos melhores hospitais públicos do país. Então é importante que eles conheçam o nosso trabalho e quem sabe até, no futuro, façam parte do HRPT”, destaca Edson Primo.

Direção Viva

O programa '‘Direção Viva’' é um projeto contínuo que ocorre em todas as unidades de saúde públicas no Pará, gerenciadas pela Pró-Saúde. A iniciativa consiste em promover ações de educação em saúde voltadas à conscientização sobre sequelas oriundas de traumas por acidentes de trânsito. O grande objetivo é disseminar a informação sobre o impacto dos acidentes de trânsito na sociedade, além de formar multiplicadores no processo de combate à insegurança no trânsito.

De acordo com o diretor Operacional da Pró-Saúde, Paulo Czrnhak, que coordena as atividades do “Direção Viva” no Pará, a educação para o trânsito é primordial para a redução de acidentes. “Sensibilizar os cidadãos de que a sua atitude consciente no trânsito é a única forma de prevenir acidentes é dever de todos nós. Por isso, nós da Pró-Saúde desenvolvemos esse programa no Pará, para assim, contribuirmos, de forma continua nesta luta que é da sociedade. Apenas assim, as famílias poderão viver com qualidade de vida e segurança”, declarou.

Ação do Bem

Realizada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, a “Ação do Bem” busca estimular a promoção de 50 iniciativas sociais e de prestação de serviços envolvendo as comunidades em cada uma das unidades administradas pela entidade no país. O HRPT deve promover mais duas ‘Ações do Bem’ este ano.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of