Pró-Saúde realiza o VII Seminário de Educação Infantil 2017

Professores, diretores, coordenadores, enfermeiros e grupos de apoio do CEI Jardim Eliane, CEI Lageado, CEI São Jorge e do CEI Santa Rita, Unidades de Educação Infantil da Pró-Saúde, participaram, na sexta-feira, 20/10, do VII Seminário de Educação Infantil 2017. O encontro, realizado nas dependências do CEI Lageado, contou com a apresentação do coral da Guarda Civil Metropolitana – GCM.

Na abertura do seminário, Regina Victorino, gerente de Filantropia da Pró-Saúde, ressaltou a importância do trabalho dos colaboradores e a dedicação de todos em prol das crianças das Unidades. Informou que o presidente da Pró-Saúde, Dom Eurico dos Santos Veloso, Arcebispo Emérito de Juiz de Fora – MG, não pode estar presente no seminário, mas fez questão de enviar sua mensagem aos educadores, salientando que “as crianças são o bem mais precioso da humanidade – são o presente e o futuro. Nelas está a possibilidade de cultivarmos a esperança de um futuro melhor”.

Lembrou, ainda, que a partir deste ano, o dia 20 de outubro, passa a ser comemorado como o Dia Nacional da Filantropia. “São mais de nove mil unidades no país que trabalham em prol das comunidades, e a Pró-Saúde tem, no exercício da filantropia, sua razão de ser”, afirmou.

Em seguida a coordenadora adjunta do “Instituto Avisa Lá’, Cibele Ortiz, colocou em debate a questão das etnias raciais e do gênero no ambiente escolar, falando sobre a diversidade nos Centros de Educação Infantil (CEI).

Ela salientou que a desigualdade social atinge todas as crianças e que a constituição garante que cada criança tem direito à escola e de ser tratada, igualmente, em todas as situações. Disse ainda que o objetivo maior dos educadores deve ser o de promover a equidade entre as pessoas. “Só atingiremos a equidade tratando as pessoas de modo diferente, visando atender as necessidades de cada um. Precisamos tirar as crianças dos tratamentos massificados”, disse.

Mariana Americano, formadora de professores, também do “Instituto Avisa Lá”, iniciou sua palestra logo após a oficina de bonecas, que contou com a participação de todos os presentes. Em sua abordagem, Mariana falou de sua preocupação educativa. “Vim pedir para os professores olharem para o indivíduo dentro da coletividade. É importante ter um olhar para a singularidade de cada criança”, afirmou.

Sobre a “Autoria das Crianças”, tema de sua palestra, destacou a importância de auxiliar a criança a conquistar sua própria autonomia, para que consiga perceber que é diferente das outras crianças, e que é capaz, que consegue fazer as coisas e vencer os desafios por ela mesma. “Para atingir este resultado, o professor precisa organizar o ambiente escolar de modo a favorecer que tudo isso aconteça”, disse.

Adriana de Godoi, uma das coordenadoras do CEI Lageado, comentou que as Unidades de educação infantil da Pró-Saúde trabalham com a autoria das crianças em suas atividades educativas. Em sua análise, estes seminários organizados pela instituição são uma grande contribuição para o trabalho diário dos professores e para o desenvolvimento das crianças. “Nós já trabalhamos com a autoria das crianças. A palestra da Mariana Americano reforça o nosso trabalho e mostra que estamos no rumo certo”, afirmou. 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of