Presidente da Pró-Saúde participa da abertura oficial da Hospitalar Feira+Fórum 2017

A Hospitalar Feira+Fórum 2017 começou nesta terça-feira, dia 16 de maio, no Expo Center Norte, na Capital Paulista. A abertura oficial da 24ª edição do evento ocorreu no período da manhã com a presença de representantes da organização da feira, patrocinadores e autoridades convidadas.

Dom Eurico dos Santos Veloso, presidente da Pró-Saúde, Wanessa Portugal, diretora Jurídica e de Filantropia, Miguel Paulo Duarte Neto, diretor Administrativo e Financeiro, Jocelmo Pablo Mews, diretor de Operações, e Juan Quirós, conselheiro consultivo, participaram da cerimônia.

Entre as autoridades presentes na abertura oficial do evento estavam Waleska Santos, presidente e fundadora da Hospitalar Feira+ Fórum, Eduardo Ribeiro, secretário adjunto da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo, como representante do governador Geraldo Alckmin, e Wilson Pollara, secretário municipal de Saúde de São Paulo, representando o prefeito João Doria Jr., além de representantes de diversas entidades do setor de saúde.

A Hospitalar acontece até sexta-feira, dia 19 de maio. Neste ano, a feira terá a participação de 26 países e 1.200 expositores. A Holanda é o país convidado neste ano, Bas van den Dungen, vice-ministro de Saúde do Ministério de Saúde, Bem-Estar e Esporte daquele país também participou da cerimônia oficial. O presidente da Pró-Saúde, Dom Eurico dos Santos Veloso, foi citado durante a abertura, como um dos convidados presentes.

A Pró-Saúde está com um estande especial na Hospitalar neste ano, em comemoração aos 50 anos da entidade. Serão duas palestras diárias, às 15h30 e às 17h30. O estande está localizado no Pavilhão Vermelho, rua 17, número 104.

Todas as palestras serão transmitidas, ao vivo, no Facebook oficial da Pró-Saúde. No primeiro dia, Bruno César Zanata, diretor-geral do Hospital Municipal Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, localizado em Pinhais/PR, apresentou o tema Estratégias de Governança para a Certificação ‘Hospital Amigo da Criança’.

Às 17h30, Paulo Czrnhak, diretor Operacional da Pró-Saúde no Pará, apresentou o projeto “Direção Viva – Programa para Reduzir Acidentes de Trânsito e seus Impactos no Sistema de Saúde”. “O programa educativo está demonstrando impacto positivo na redução de vítimas de acidentes de trânsito, e preparando as futuras gerações de motoristas de forma consciente”, ressaltou Czrnhak.

Congresso

Paralelamente à Hospitalar Feira+Fórum, ocorre no Expo Center Norte, o 40º Congresso Brasileiro de Administração Hospitalar e Gestão em Saúde, realizado pela Federação Brasileira de Administradores Hospitalares (FBAH). A Pró-Saúde é promotora do evento.

Na manhã desta terça-feira, 16 de maio, Marcus Henrique Wächter, membro do Conselho Consultivo da Pró-Saúde, e coordenador científico do Congresso de Gestão Financeira e Custos, promoveu a abertura oficial desse Congresso. “Atravessamos a pior crise na área da saúde. Neste cenário, nestes dois dias de congresso, nos propusemos a repensar a saúde”, destacou Wächter.

O painel “O Modelo de ‘OS’ na Saúde – Importância e Regramento” teve a coordenação de Wächter. Alba Lúcia Sá Muniz, diretora-geral do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, gerenciado pela Pró-Saúde, e localizado em Belém (PA), foi a moderadora das palestras “Modelo de Gestão em UTI – A Contribuição do Médico para Melhoria da Assistência, Redução de Custos e Aumento de Resultados” e “Gestão da Enfermagem em Unidades Assistenciais – Implementação de Modelos Visando Aumento da Produtividade e Redução de Custos”. Após o final das duas palestras, Alba comentou que nenhum argumento de custo se sobrepõe ao argumento da segurança do paciente.

Já o painel “A Saúde em Pauta Sempre”, foi coordenado por Paulo Viol, gerente de Operações da Pró-Saúde. A moderação foi feita por Alberto Leite, CEO do Grupo Healthers. E a palestra, “Como Fazer o Enfrentamento das Crises sob a Ótica da Comunicação” foi apresentada pelo jornalista Ricardo Viveiros, presidente da agência Ricardo Viveiros & Associados. O assunto abordado tratou da necessidade de se agir com agilidade e clareza na prevenção de crises na área da saúde, reforçando que toda a empresa ou entidade precisa estar em sintonia para preservar seu bem maior: sua marca e reputação diante de seus colaboradores.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of