Preenchimento de Declaração de Óbito é tema de curso no HEGV

Médicos e residentes de Medicina do Hospital Estadual Getúlio Vargas (HEGV), no Rio de Janeiro (RJ), participaram do curso “Qualificação de Preenchimento de Declaração de Óbito”, no auditório da unidade. O treinamento foi ministrado por Valéria Maria de Azevedo Passos, doutora em Medicina e professora da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com o apoio de Bruno Cardoso, responsável pela Gerência Técnica de Dados Vitais da Secretaria Municipal do Rio de Janeiro.

De acordo com Valéria, no Brasil, 30% das declarações de óbito são classificadas como “pouco úteis”, porque trazem informações incorretas ou erradas, sendo algumas vezes impossível entender a causa da morte. “A Declaração de Óbito é o documento base do Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde (SIM/MS). O preenchimento correto é fundamental para as traçar as metas e prioridades das políticas públicas em saúde”, afirmou. 

Segundo dados do Ministério da Saúde, a Declaração de Óbito (DO), no Brasil, foi implantada em 1975, com um modelo único, para ser utilizada em todo o território nacional.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of