Pesquisador alemão visita o IEC

O Laboratório de Biomedicina do Cérebro do Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (IEC), no Rio de Janeiro (RJ), recebe a visita do professor do Instituto de Anatomia da Universidade de Kiel, na Alemanha, Rolf Mentlein. Pelo terceiro ano seguido, ele passa de 20 dias a um mês no País fazendo palestras e conhecendo as experiências em pesquisa desenvolvidas em várias partes do Brasil.

A visita do professor acontece dentro do programa Ciências sem Fronteiras, promovido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O intuito é promover o intercâmbio de conhecimento entre universidades e centros de pesquisa de todo o mundo.

O professor já mostrou o seu trabalho em pesquisa com o câncer em cidades como Fortaleza, Salvador e Porto Alegre, e esta semana fará palestras no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) e no departamento de Oncobiologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). No IEC, ele conheceu os trabalhos que estão sendo desenvolvidos pelo laboratório e elogiou os resultados.

Para Rolf Mentlein, falta ao País mostrar-se mais em congressos e simpósios mundo afora para que tenha reconhecimento internacional no campo da ciência, o que ainda não acontece. “Aqui temos ótimos trabalhos em pesquisa. Sei que não há o investimento necessário, e isso já é louvável, fazer ciência com pouco. Mas o Brasil precisa ser conhecido lá fora também por seu trabalho científico”, afirmou o professor.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of