Paciente internado no Hospital Metropolitano é homenageado no seu aniversário

Moradora de Barcarena, Maria Brito vivenciou o aniversário do filho de um jeito diferente: internado no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua (PA). O garoto, de 12 anos, teve queimaduras espalhadas pelo corpo depois de se envolver em um acidente com fogos de artifício. Ainda não tem previsão de alta. “O aniversário foi surpresa e ele ficou muito feliz. Ele estava querendo ir para casa, comemorar a data, mas precisamos fazer o tratamento. Creio que essa festa ajudou bastante o meu filho”, explicou Maria, que elogiou a ação da equipe multiprofissional.

A colaboradora do Serviço de Nutrição Dietética, nutricionista Lorena Begot, foi a responsável pela confecção do bolo. Como se trata de um paciente com lesão por queimadura, Begot explicou que há algumas restrições alimentares, portanto, também foi feito um trabalho específico.

Humanização

A humanização é um dos princípios organizacionais do Hospital Metropolitano. Seguindo esta meta, é preciso agir com respeito e cordialidade com os usuários internados na unidade de saúde, cujo perfil é média e alta complexidades no atendimento a vítimas de traumas e queimados. Dessa forma, um dos projetos desempenhados tem sido a celebração de aniversários de pacientes.

De acordo com a psicóloga Natalia Fiock acredita que o evento gera um impacto positivo no próprio tratamento. “Ele está fora da sua rotina, mas também se sente importante com esta programação. Dai, trabalhamos a alta estima do paciente, além da interação com as equipes”.  

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of