Oncológico Infantil forma novos colaboradores ‘anjos’

A chegada do mês de fevereiro trouxe 18 novos anjos para o Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo. Apesar de parecem anjinhos, daqueles fortes que enfrentam os maiores desafios para guardar seus protegidos, não estamos falando das crianças em tratamento na unidade.

Os novos anjos do Oncológico Infantil são os colaboradores que concluíram o curso Colaborador Anjo, projeto desenvolvido na unidade com intuito de capacitar profissionais para acolher novos funcionários, repassando a eles informações sobre rotinas de trabalho de todos os setores e segurança no processo de adaptação. “Por mais que o profissional tenha anos de experiência, um novo local de trabalho tem procedimentos, normas, políticas e situações que precisam de um direcionamento. Aqui, o anjo tem essa função”, explicou a psicóloga do núcleo de Gestão de Pessoas da unidade, Débora Louzeiro.

Matheus Freire está no Oncológico Infantil há nove meses e quando chegou precisou de um tempo para se adaptar e entender como e onde aplicaria seus conhecimentos em tecnologia da informação no dia a dia do hospital. “Foi importante para entender como funcionava meu setor dentro do hospital e com ajuda deles pude enxergar melhor”, lembrou o colaborador.

A ajuda que Matheus recebeu veio dos colegas do próprio setor, principalmente do seu atual coordenador, que na época não estava nessa função e acabou sendo o seu anjo. Hoje, Matheus é um dos novos colaboradores anjos do Oncológico Infantil, unidade gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Com o certificado na mão e o botton de identificação de anjo preso ao uniforme, Matheus explica que essa será uma boa oportunidade de passar adiante um dos valores mais importantes que ele vê na unidade: o pertencimento. “Com a participação no projeto, a gente passa a enxergar mais as outras áreas e consegue dar segurança para quem chega, mas tão importante quanto ensinar é conseguir passar o sentimento de pertencimento que há na unidade, para que o profissional se dedique mais e valorize o próprio trabalho”, destacou Matheus.

Participando como voluntária do curso, a copeira Luciana Silva é anjo desde 2017. Para ela, o curso na atualização de conhecimentos que já usa para ajudar quem chega ao Oncológico Infantil e tem feito bem a ela. “Sinto que sou capaz de ir mais além ajudando o próximo, direcionando os novos colaboradores a entenderem a sua importância dentro do hospital e a fazer o melhor que puder como profissional”, disse a colaboradora.

 Certificação

A entrega dos certificados e bottons foi feita pela diretora administrativa-financeira do Oncológico Infantil, Tatiane Santos que, desde a primeira turma, faz questão de ouvir as histórias de cada participante. “São profissionais diferenciados que sempre nos trazem experiências transformadoras e que melhoram ainda mais o nosso ambiente de trabalho e o atendimento às nossas crianças”, concluiu a diretora parabenizando os novos colaboradores anjos. 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of