Oncológico Infantil conquista certificação Green Kitchen

A cozinha do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo foi aprovada com o selo Green Kitchen. Esta é a terceira unidade pública de saúde do Pará, gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), a ser certificada pelaFundação para a Pesquisa em Arquitetura e Ambiente (Fupam). As outras duas são o Hospital Público Estadual Galileu, em Belém, e o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso, em Marabá. 

O programa Green Kitchen avalia ações relacionadas à ambientação natural, alimentação saudável e sustentabilidade, baseadas em critérios internacionais de medição de eficiência de responsabilidade ambiental e social. A iniciativa reconhece a constante busca pelo aprimoramento do padrão de qualidade da alimentação fornecida aos usuários e a adoção de práticas sustentáveis nessas unidades. 

No caso do Oncológico Infantil, dentre as ações assumidas pela instituição que pontuaram para a conquista do selo, destacam-se: o uso de produtos de limpeza biodegradáveis, a separação de resíduos inorgânicos para reciclagem, a utilização de óleo de girassol e de azeite de oliva no preparo das refeições, além da execução do plano de manutenção dos filtros do ar condicionado, conforme Portaria nº 3523/98, do Ministério da Saúde, e da limpeza dos filtros e das caixas de água, que é contemplada na rotina do setor de Manutenção desde a abertura do hospital. 

A unidade também se comprometeu em realizar treinamentos sobre alimentação natural, enfatizando a diferença entre produtos orgânicos e convencionais, e capacitações sobre sustentabilidade, para reforçar a importância no manejo dos resíduos na cozinha do hospital. 

Para a diretora de Apoio do Oncológico Infantil, Stéphanie Valdivia, a conquista reflete o compromisso do Oncológico Infantil com a qualidade do atendimento prestado. 'A obtenção desta certificação está alinhada a um de nossos princípios institucionais, que é a sustentabilidade. E demonstra, ainda, o empenho de nossa equipe na implantação de ações que serão refletidas na qualidade do atendimento a nossos usuários e colaboradores', afirmou a gestora. 

Sobre a unidade 

O selo Green Kitchen se junta a outra importante certificação conquistada pelo Oncológico Infantil em 2017: o certificado ONA 1, emitido pela Organização Nacional de Acreditação. Inaugurada em 2015, a unidade foi a primeira da região dedicada ao tratamento de câncer infantojuvenil e, atualmente, é referência nas regiões Norte e Nordeste. O serviço disponibilizado pelo hospital possibilitou ao Estado zerar as filas de espera para atendimento ou internação na área de Oncologia pediátrica.