IEC revisa o Mapeamento de Processos da unidade

Uma nova revisão do Mapeamento de Processos está sendo realizada pelo Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente (NQSP) do Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (IEC), do Rio de Janeiro (RJ), para gerenciar e acompanhar os processos de trabalho dos setores.

Todos os gestores da unidade utilizam uma ferramenta de sistema para inserir dados de suas respectivas áreas.  “Ter o feedback da área com a qual se relaciona, analisar o fluxograma (andamento de todas as atividades dentro da unidade) e conhecer os indicadores de qualidade, como por exemplo, a taxa de satisfação dos pacientes e de produtividade, que se refere aos fatores internos, como a eficiência dos processos, são algumas das características do sistema”, explica o diretor administrativo do IEC, Weslley Guimarães.

Mensalmente, os gestores e lideranças se reunirão para apresentação dos resultados gerais obtidos pela unidade da saúde.  O objetivo principal será a oportunidade de melhoria dos processos de trabalho da instituição, além do monitoramento eficiente por meio de indicadores estratégicos. “É importante que todo indicador tenha uma análise crítica, independentemente de ter atingido a meta. Eles são criados para gerenciar o alcance dos objetivos traçados, num processo de melhoria contínua”, destacou a administradora assistente do IEC, Andrea Viana.

Além de dados gerais, em cada reunião, um setor irá apresentar a sua rotina, fluxos e metodologias de trabalho, além dos resultados obtidos e as explicações que envolvem o sucesso ou os impasses que determinaram o alcance das metas desejadas.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of