Hospital Yutaka Takeda realiza bate-papo sobre amamentação

Nesta quinta-feira, 3/8, o Hospital Yutaka Takeda (HYT), na Serra dos Carajás (PA), realizou um bate-papo descontraído sobre alimentação saudável no período de amamentação, posições para amamentar, pega correta e sobre o papel da família nesse período, com as usuárias que realizam pré-natal na unidade e as que estavam consultando os seus bebês recém-nascidos. A ação, organizada pela Comissão de Humanização do hospital, foi em comemoração a Semana do Aleitamento Materno e teve como intuito estimular o aleitamento materno exclusivo na mãe até o sexto mês de vida do bebê.

A nutricionista Tamiris Dias, apresentou uma pirâmide de alimentos para as mamães, para reforçar que elas devem manter uma dieta rica em grãos e cereais integrais, frutas e verduras, e alimentos que sejam boas fontes de proteínas, cálcio e ferro, além de ingerir líquidos durante o dia e praticar atividade física após liberação médica.

As participantes também foram alertadas de que, assim como ocorre durante a gravidez, a boa alimentação durante o aleitamento materno deve ser prioridade, pois garantirá o aporte adequado de nutrientes para que a mãe consiga manter a produção de leite em níveis adequados e o bebê possa beneficiar-se desse superalimento exclusivo até seis meses de idade.

Outro assunto que Tamiris abordou, foi que se algo na alimentação da mãe não está sendo bem aceito pelo bebê, como irritação, cólicas, gases, diarreias e algumas reações alérgicas serão o sinal de alerta para uma revisão na dieta, devendo então sempre buscar orientação com um nutricionista. Além disso, as mesmas ainda foram informadas que alguns estudos sugerem que o paladar do bebê começa a ser desenvolvido antes mesmo da introdução da alimentação complementar, sob a influência da alimentação da mãe, o paladar começa a se formar durante a gestação e amamentação. Nestas fases, quanto maior a variedade de alimentos saudáveis consumidos pela mamãe, mais o bebê estará familiarizado com aqueles sabores, facilitando o processo de introdução da alimentação complementar.

A nutricionista finalizou suas orientações ressaltando. “Não existe leite fraco. O que estimula a lactação não são alimentos, e sim quatro coisinhas básicas: descanso, apoio de familiares e amigos, a hidratação e a certeza de que o leite materno é o melhor alimento do mundo além de fortalecer ainda mais a conexão entre a mãe e o bebê através da amamentação”, disse Tamiris.

Para a usuária Layana Bezerra, o bate-papo foi bastante importante. “As palestras ajudam bastante porque nos repassa informações relevantes, tirando as nossas dúvidas”, comentou Layana.

Já a enfermeira Ana Paula Martins complementou a ação falando sobre os mitos e tabus que prejudicam o processo da amamentação. “Abordamos também a questão de preparar o bico do seio, e alertamos para a questão de evitar o aleitamento materno cruzado, onde outra pessoa amamenta o bebê, pois essa prática tem o risco de transmitir doenças para o bebê”, explicou Ana Paula. Durante a programação também foi mostrado na prática pela psicóloga Milena Falcão as posições de amamentação.

Mamãe pela segunda vez, Eloisa Silva, ficou muito satisfeita com as orientações. “Gostei muito das orientações, até porque amamentei a minha filha até dois anos. Achei bem legal conhecer as posições para amamentar que ajudam na boa pega do bebê, já que eu só conhecia uma”, relatou Eloisa.

A assistente social, Socorro Rezende, enfatizou sobre a contribuição da família no processo de amamentação, como encorajar e incentivar a mãe a amamentar, ajudar nos cuidados com a casa o com os outros filhos, caso a família já tenha, entre outras orientações.

Logo após o bate-papo as mamães foram convidas a se servir na mesa frutas prepara para a ocasião.

Projeto

O Hospital Yutaka Takeda incentiva a questão da amamentação na unidade e para isso possui o projeto “Amigo do Peito”, que consiste na orientação as puérperas sobre a importância de amamentar, boa pega e posições de amamentação confortáveis para a mãe e para o bebê. A unidade também promove trimestralmente o curso para gestantes “Laços de Ternura”, que aborda o assunto.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of