Hospital Regional realiza oficina de recicláveis para doar jogos educativos a crianças autistas

O Comitê de Sustentabilidade do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém (PA), promoveu oficinas de reaproveitamento de recicláveis para os estudantes do Centro Brasileiro de Cursos (Cebrac) durante o mês de setembro. Ao todo, 25 alunos participaram da programação que aconteceu nas últimas três sextas-feiras. A iniciativa partiu do Cebrac, com duplo objetivo: despertar, nos jovens, a necessidade de preservação do meio ambiente e contribuir com as crianças portadoras de autismo atendidas pela Casa Azul.

“A intenção é trabalhar, com os jovens, a conscientização ecológica e sustentável. Nós temos vários projetos de empreendedorismo e o Eco Cebrac tem esse objetivo, de desenvolver várias ações. Escolhemos o Hospital Regional para promover as oficinas porque sabemos que ele é referência em sustentabilidade e multiplicação de conhecimento”, explica a coordenadora pedagógica do Cebrac, Cibelle Aguiar.

A colaboradora do HRBA, Waneide Ferreira, foi a responsável por ministrar as oficinas. Ela demonstrou como transformar em jogos educativos os materiais que eram destinado ao lixo. “Nós já trabalhamos com a saúde. E, ao reforçar ações de sustentabilidade e que contribuem com o meio ambiente, de certa forma, nós estamos contribuindo com o bem-estar da população de Santarém e da região”, diz Waneide.

O Hospital Regional de Santarém – público e gratuito, pertencente ao Governo do Pará e gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato  com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) – desenvolve diversas ações de sustentabilidade com a comunidade.

A estudante Mônica Gláucia, de 15 anos, gostou da iniciativa. “Foi muito bom, porque aprendemos a reciclar as coisas que estão sendo jogadas ou se acumulando. Com isso, vamos ajudar outras pessoas a fazer isso, também. Agora, até em casa a gente vai reaproveitar”.

Todos os jogos produzidos foram entregues, no último sábado, 30/9, às 100 crianças atendidas pela Casa Azul. A instituição desenvolve atividades e proporciona melhor qualidade de vida às pessoas com autismo.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of