Hospital Regional de Santarém promove Seminário de Sustentabilidade com palestrantes de renome nacional

O Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém (PA), vai realizar o “I Seminário de Sustentabilidade e Saúde do HRBA”. O evento será na sexta-feira, 27 de janeiro, às 8h, no auditório da unidade. Recentemente, o hospital assinou o Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU) se comprometendo em cumprir os dez princípios fundamentais e está concluindo o seu primeiro relatório de sustentabilidade internacional, seguindo os padrões GRI (Global Reporting Initiative). A instituição é administrada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

O HRBA também aderiu à campanha “Desafio 2020 – a Saúde pelo Clima”, coordenada pelo “Projeto Hospitais Saudáveis”, que é uma extensão da iniciativa americana chamada “Health Care Without Harm” – Saúde Sem Dano. Atualmente, o programa possui 717 membros em 40 países, em seis continentes. “Seguindo o tripé da base econômica, ambiental e social, o Hospital Regional tem como alicerce, em seu mapa estratégico, a sustentabilidade. A partir daí, tomamos as diretrizes de planejamento das principais questões que incidem diretamente no resultado financeiro do hospital, principalmente no controle de consumo de energia elétrica, água potável e produção de resíduos”, explica o presidente do Comitê de Sustentabilidade da unidade, Amarildo Sena.

O seminário se propõe a mostrar os projetos de sustentabilidade em execução na unidade e os novos projetos a serem desenvolvidos. Também pretende abordar a importância da sustentabilidade para um hospital, por meio de palestras com especialistas renomados.

O Relatório de Sustentabilidade GRI vai ser abordado por Rodrigo Henriques. Ele é palestrante em seminários e fóruns de sustentabilidade e saúde no Brasil e exterior, e coordena iniciativas com o governo britânico para a disseminação de práticas de sustentabilidade entre o Brasil e o Reino Unido.

Quem vai falar sobre sustentabilidade hospitalar é a médica Marisa Madi, especialista em Administração em Saúde e doutoranda na Universidade de São Paulo (USP). O tema tem se tornado cada vez mais relevante no cenário internacional, já que as unidades de saúde produzem grandes quantidades de resíduos que, sem o descarte correto, podem causar prejuízos irreparáveis ao meio ambiente.

O Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU) vai ser abordado pelo jornalista Luiz Fernando Campos. Ele vai palestrar sobre a iniciativa e a importância dos princípios universais, que tem objetivo de mobilizar a comunidade empresarial internacional para a adoção de valores fundamentais e internacionalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção, refletidos em dez princípios. O Hospital Regional de Santarém, em 2016, tornou-se signatário do Pacto Global.

O tema Sustentabilidade Itaipu será debatido pela gerente de Responsabilidade Social Corporativa da Itaipu Binacional, Heloísa Covolan, tem mais de 11 anos de experiência no setor de energético. Ela é membro do Grupo de Trabalho dos Direitos Humanos e do Trabalho do Pacto Global das Nações Unidas. Heloisa liderou o desenvolvimento e implantação de iniciativas de sustentabilidade no Paraguai e no Brasil.

O gerente geral e de originação da Cargill, economista Ronaldo Donath, vai mostrar a atuação do programa “Soja Mais Sustentável”, que é realizado pela organização não governamental The Nature Conservancy (TNC) e a Cargill, desde 2004. O objetivo é garantir que todos os fornecedores da empresa na região da Amazônia estejam em dia com suas obrigações ambientais, por meio da sua inclusão no Cadastro Ambiental Rural (CAR), o primeiro passo para a regularização ambiental definitiva.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of