Hospital Regional de Marabá realiza mais de 120 atendimentos no bairro Vale do Itacaiúnas

A dona de casa Maria Raimunda da Conceição, de 31 anos, foi uma das moradoras do bairro Vale do Itacaiúnas, no núcleo Cidade Nova, em Marabá, beneficiadas pela nona edição do projeto 'Hospital Regional Amigo da Comunidade'. Ela aproveitou a ação para levar os três filhos para consulta. A iniciativa foi promovida pelo Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP) – unidade pública gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) – que ofereceu consulta médica e de Enfermagem, teste de glicemia capilar e aferição de pressão arterial na Associação Projeto Semear, nesta quinta-feira, 13/4. 

A autônoma Maria de Nazaré Santos, de 50 anos, foi a primeira a receber atendimento médico. Ela falou ainda sobre o acesso a serviços de saúde para aquela comunidade. 'O atendimento prestado foi muito bom. Essa ação facilitou, e muito, a nossa vida porque, na correria, nem sempre temos tempo para nos cuidar', disse a usuária. 

Segundo o presidente da organização não governamental, Ailton Souza, os serviços prestados pelo hospital beneficiaram, principalmente, famílias numerosas e idosos que, sem transporte próprio, têm dificuldade para se dirigir a um hospital ou mesmo ao posto de saúde, como é o caso da dona de casa Maria Franciene Carvalho, de 26 anos, que não hesitou em participar da ação, mesmo com nove dias de operada. 'Assim que ouvi o aviso do carro som na rua, organizei as coisas em casa para vir agora. Trouxe meu bebê recém-nascido e minha filha. Não podia deixar de aproveitar o atendimento oferecido perto de casa', comentou. 

De acordo com a coordenadora de Humanização do Hospital Regional de Marabá, Caroline Nogueira, o projeto tem o objetivo de contribuir com a melhoria da qualidade de vida da população. 'Por isso, enquanto as pessoas aguardavam a consulta, conversamos com elas sobre fatores de riscos e complicações de doenças cardiovasculares, incentivando-as a adotar, sempre, um estilo de vida saudável para, assim, viver melhor', disse a fisioterapeuta. 

Em nove edições, o projeto 'Hospital Regional Amigo da Comunidade' já atendeu mais de 1.000 pessoas na zona rural, aldeia indígena e comunidades urbanas em situação de vulnerabilidade social em Marabá.  

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of