Hospital Regional de Altamira realiza workshop de autogestão e desenvolvimento de líderes

Mais do que liderar, é preciso atenção com o desenvolvimento contínuo dos profissionais que compõe uma equipe para alcançar resultados satisfatórios.  Pensando nisso, o Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), localizado na região sudoeste do Pará, no município de Altamira, e gerido pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) realizou o workshop “Mais Atitude, Seja Líder de Si Mesmo”.

De acordo com a gerente de Gestão de Pessoas da instituição, Lívia Viana, o workshop foi uma oportunidade de valorizar os gestores e estabelecer um padrão de gestão, levando em consideração as características da cultura local: “Um gestor que sabe se autogerir, consegue ser criativo com a equipe e desenvolver um bom trabalho. É importante que eles conheçam suas fragilidades, que se percebam primeiro, para então fazer o gerenciamento de pessoas.”

O workshop foi ministrado pela coach e especialista em Marketing Estratégico, Tânia de Miranda e teve carga horária de quatro horas de treinamento para diretores, gerentes e lideranças pré-selecionadas. “Havia uma ansiedade muito positiva dos participantes. A expectativa foi acima da média, eles foram muito honestos e assertivos. Um grupo com uma sede de desenvolver auto-liderança, que entende que eu não posso liderar uma grande equipe, sem antes liderar minha própria vida”, ressaltou Tânia.

O evento, que marca a abertura do projeto 'Pró-líderes' em 2017, avaliou desempenho e estimulou a autocrítica em seus colaboradores, buscando sensibilizar sobre a importância da autogestão para a liderança de pessoas. O enfermeiro do Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente (NQSP), Daniel Johann, vivenciou na prática todos esses dados positivos: “a iniciativa foi valorosa porque conseguiu nos mostrar a importância da pro atividade e o compromisso que cada um deva ter com o trabalho que exerce”.

Para o diretor Administrativo e Financeiro do HRPT, Marcelo Mannocci, a ocasião foi bastante estimulante e elevou os colaboradores para um novo prisma dentro de suas funções. “Ficou claro e evidente os talentos que temos e quais nós podemos proporcionar cada vez mais crescimento”, avaliou o diretor.

Pró- Líderes

O projeto 'Pró-líderes nasceu da necessidade de qualificar profissionais e desenvolver lideranças, “Ao desenvolver as competências de cada profissional, podemos garantir que o padrão  de gestão se perpetue na instituição”, explica Lívia. E acrescenta: “É uma busca de melhoria contínua para desenvolver a mão de obra que temos, reconhecer o trabalho deles e capacitá-los”.

O projeto inovador de desenvolvimento de líderes é composto por módulos com carga horária de até quatro horas e aborda temas sobre comunicação, qualidade e gestão de pessoas, trabalho em que equipe, entre outros. “Foi realizada uma análise das fragilidades e dificuldades dos profissionais e em cima disso baseamos os treinamentos. Eles acontecem no horário de trabalho para que não haja nenhum impacto na rotina do colaborador”, pontua a gerente de recursos humanos.

Bioquímico da Agência Transfusional, Rodrigo Faria Coppi, participou dos módulos de qualidade e comunicação, e enfatizou a importância projeto: “É uma maneira de você se perceber e possibilita um conhecimento melhor da gestão em que se está envolvido”.

Até maio de 2017 o HRPT já realizou sete módulos e possui 24 treinamentos programados até o final desse ano.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of