Hospital Regional de Altamira oferece ambientação para novos colaboradores assistenciais

Com a finalidade de desenvolver novos colaboradores, para que eles possam executar com qualidade suas funções dentro da unidade, o Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), por meio do Núcleo de Educação Permanente (NEP), promove mensalmente para enfermeiras, farmacêuticas e psicólogas uma semana de ambientação institucional. O encontro trabalhou conteúdos e normas adotadas sobre as práticas e procedimentos de saúde dentro do hospital, para que assim, o profissional tenha mais segurança para assumir as suas atividades. E ainda permitir que eles conhecem os processos da instituição, seus manuais e protocolos. 

Para a enfermeira de Educação Permanente, Bruna Jacomel, o processo facilita a execução das funções dos colaboradores. “Nós buscamos, por meio do NEP, oferecer ambientação teórica, com aulas que levam ao colaborador assuntos relevantes da formação desse profissional. A ambientação é voltada para enfermeiros e técnicos de Enfermagem, nutricionistas, fisioterapeutas, farmacêutico e, também, para os profissionais que farão o serviço de higienização e limpeza. Então, antes desses profissionais assumirem a unidade de trabalho é feita uma revisão teórica dos assuntos que eles devem ter total domínio”, explica a colaboradora.    

A enfermeira, Silvana Santos, participou da ambientação realizada no mês de novembro, junto com outros seis novos profissionais. Ela acredita que as orientações ajudam o profissional a se desenvolverem em suas funções. “A partir dessas explicações, passamos a entender o fluxo de cada setor”. Já a enfermeira, Naiane Coimbra, aprovou a iniciativa. “Quando se entra em qualquer lugar, a tendência é ficar desnorteado, mas participando da ambientação, tudo parece ter um norte”, comenta a enfermeira.    

Para a coordenadora do Serviço de Nutrição e Dietética, nutricionista Luísa Né Pedrosa, a ambientação é um processo de alinhamento e adaptação dos novos profissionais aos diversos setores do hospital. “A nutrição repassa aos enfermeiros e demais colaboradores quais são as maiores interações e como trabalhamos com o nosso paciente. Nos primeiros contatos do colaborador com o usuário, ele já percebe a importância do trabalho da equipe multidisciplinar”, destaca a coordenadora. 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of