Hospital Metropolitano realiza VI Semana SIPAT

Com o tema “Na rua, no trabalho e no lar, segurança em 1º lugar”, o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) – gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato de gestão com o Governo do Estado -, promoveu a VI Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT) da Unidade.

A programação fortaleceu o constante trabalho de conscientização que a Unidade realiza com os colaboradores em ações do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho e da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). O presidente da CIPA, Carlos Henrique Batista, destacou que a SIPAT não é meramente para cumprir a legislação e, sim, um importante momento para reforçar a preservação da vida.

“Simples atitudes conscientes e seguras são capazes evitar ocorrências graves. Somos um Hospital de referência em trauma, nosso papel também é promover educação em saúde, então temos que ser exemplos, não só no trabalho, mas em casa e em qualquer lugar”, disse Henrique.

Ao longo da semana, diversas ações foram realizadas para os colaboradores assistenciais e administrativos com o objetivo de estimular a reflexão e reforçar a importância de hábitos seguros praticados no dia-a-dia, que podem influenciar na execução das atividades laborais e pessoais.

Para a auxiliar Administrativa, Silvana Cunha, que há seis anos trabalha no HMUE, falar sobre prevenção nunca é demais. “Quando o assunto é saúde e segurança toda informação é válida, pois muitas vezes na rotina corrida do trabalho e outros afazeres acabamos nos expondo a riscos desnecessários, então é importante o envolvimento nessas ações para que todos possam ser mais conscientes e dar bons exemplos”, considerou a colaboradora.

A programação da SIPAT movimentou a rotina dos colaboradores do HMUE com um circuito de palestras com temas como a importância dos exercícios físicos, alimentação saudável, dependência digital, gerenciamento de resíduos de serviços de saúde, relação interdisciplinar na urgência e emergência, cuidados com a coluna, entre outros.

A Master Coach Carolina Almeida levantou o astral dos colaboradores com a palestra “Comunicação de Alto Impacto”, que abordou a importância de uma comunicação eficiente nas relações interpessoais, a influência das emoções no modo de se expressar e o impacto nos resultados dentro de um ambiente corporativo.

A faturista do HMUE, Cristina Santos, que também é membro da Cipa, destacou que em todos os setores a comunicação precisa ser clara para que as atividades sejam realizadas de forma correta. “Sem comunicação não vamos a lugar nenhum, mas ela só é eficiente se for feita com clareza, assim economizamos no tempo e nos custos”, avaliou a cipeira.

Outra palestra que teve recorde de participantes e lotou o auditório do Hospital foi a do o psicólogo organizacional, Fábio Vinicius, que falou sobre a chamada Síndrome de Burnout, um distúrbio psíquico de caráter depressivo definido como estado de esgotamento físico e mental, cuja causa está ligada à rotina profissional.

“É uma doença atual, que começa com o estresse profissional e pode evoluir para quadros mentais mais graves, por isso é a importância de saber administrar as emoções. É essencial lidar com a saúde emocional do trabalhador, proporcionando a ele qualidade de vida e segurança para que ele venha trabalhar com mais motivação e, assim, possa atingir a satisfação pessoal”, explicou o profissional.

Além das palestras, os colaboradores também participaram de atividades interativas com exposição de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), dinâmica sobre higienização das mãos, aula de ritmos e circuito de memória, que trabalhou a saúde cognitiva, com exercícios de concentração, equilíbrio e agilidade.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of