Hospital Metropolitano realiza mais de 460 mil atendimentos e conquista 94% de aprovação de usuários em 2016

Um volume de atendimentos de 464.629 e um índice de satisfação de 94% dos usuários e acompanhantes. Este é o saldo do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua-PA, durante o ano de 2016. A unidade atende media e alta complexidades para vítimas de traumas e queimados no Sistema Único de Saúde (SUS), tendo como princípio a humanização no atendimento.

A comerciante do município do nordeste paraense, Tomé-Açu, Rosemary Lameira Monteiro, avaliou o atendimento hospitalar. “A imagem que ficamos deste hospital é de não ter um outro lugar mais importante, naquele momento. O Metropolitano devolveu a vida para a minha mãe, por meio do corpo de trabalhadores do hospital”, disse Rosemary, que acompanhou a genitora, de 56 anos, vítima de um acidente de trânsito. A paciente ficou internada 18 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outros 15 dias na unidade de internação do Hospital Metropolitano. Recebeu alta no final de agosto.    

O índice de satisfação da unidade é medido pelo Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU). Diariamente, as estratégias do SAU envolvem questionários, telefonemas ou e-mails. Além disso, há o contato direto com os usuários. No caso dos formulários, o índice só é enquadrado como satisfatório se a nota se estabelecer entre sete e dez. No Hospital Metropolitano, o serviço existe desde 2012.

Internações

A unidade dispõe de leitos traumatologia, cirurgia geral, neurocirurgia, clínica médica, pediatria, cirurgia plástica exclusivo para pacientes vítimas de queimaduras, além de leitos de UTI. Em 2016, o total de atendimento Urgência e Emergência foi de 19.277. Desses, 10.117 evoluíram para internações. 

Na ala pediátrica da unidade, além da assistência, os pacientes são assistidos também por professores na 'Classe Hospitalar', projeto mantido com o auxílio da Secretaria Estadual de Educação (SEDUC), que disponibiliza os profissionais do ensino. Aproximadamente 900 alunos foram atendidos no projeto no ano passado. “Não sabia que teria uma escola em um hospital. Aprendi muitas coisas, pois gosto de história e matemática”, disse L.F.O, de dez anos, internado após sofrer um trauma no braço esquerdo.

Cirurgias, exames e ambulatório

O Hospital Metropolitano ainda realizou 11.164 cirurgias e 399.549 exames, em 2016. Além do atendimento de urgência e emergência, a unidade dispõe de um ambulatório para consultas. Foram mais 17.578 consultas ambulatórias, de janeiro a dezembro do ano passado. Um dos usuários atendidos neste serviço foi o mototaxista Jamil Silva. “Foi um acidente de trânsito. Utilizava a moto, quando um carro bateu por trás, caí e quebrei a pena”. Jamil foi operado, realiza fisioterapia e consultas semanais no ambulatório de retorno do Hospital Metropolitano. “O serviço é bom. E aqui, neste hospital, faço o procedimento necessário para me recuperar”, frisou Jamil.

Centro de Tratamento de Queimados

Referência no Norte, o Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) atendeu um total de 533 casos de queimaduras no ano passado. Desses, 384 foram encaminhados para internação. A dona de casa Maria Costa conviveu com o drama na família, quando a filha, de 19 anos, teve que ser encaminhada ao CTQ, depois de ter parte do corpo queimado ao tentar acender uma lamparina em casa, na ilha Ajaraí, interior de Cametá. “Quando ela chegou, estava toda queimada. Se não fosse o Hospital Metropolitano, não sei o que tinha acontecido com ela”, comentou Maria. A estrutura do CTQ possui 22 leitos, sendo dois de Unidade de Terapia Intensiva, 18 de internação e dois de urgência, sendo que também comporta bloco cirúrgico com duas salas.

Para o diretor administrativo e financeiro da unidade, Itamar Monteiro, a unidade tem trabalhado em prol de ofertar um serviço de excelência, garantindo a segurança do paciente. 'O nosso compromisso é em salvar a vida do paciente, para que ele, possa reingressar ao seio da família, com condições de viver normalmente, Para isso, atuamos em prol de garantir uma assistência e segurança de qualidade, na qual eles recebem o tratamento adequado', explicou o diretor.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of