Hospital Galileu encerra quarta turma de curso de cuidadores de idosos

O técnico de Enfermagem, Saimo Pires, de 30 anos, já trabalhava como cuidador de idosos há três anos. Porém, apesar da experiência prática, ele sentia que ainda lhe faltavam conhecimentos para atender melhor o público idoso. “Eu já cuidava de idoso, porém não tinha muitos conhecimentos sobre como cuidar, como agir. Quando vi no site do Governo do Estado que o hospital estava oferecendo esse curso, eu me interessei bastante, justamente, para me capacitar ainda mais. Tinham atividades que eu realizava, mas tinha muitas vezes dificuldades como, por exemplo, saber quais cuidados ter com a pele do idoso, e tudo isso o curso ofereceu”, afirmou.

O curso ao qual Saimo se refere é o curso de “Cuidadores de Idosos” oferecido gratuitamente pelo Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), em Belém (PA), unidade gerida pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), no período de 20/11 a 1/12, no auditório da unidade.

Saimo participou da quarta turma, encerrada nesta sexta-feira, 1/12, com 40 h/aula. A próxima etapa para o agora cuidador de idosos, certificado pelo curso, será a de ir atrás de um espaço no mercado de trabalho, porém ele acredita que com a capacitação será mais fácil se posicionar no mercado. “Era isso que eu estava precisando para me sentir mais capacitado e complementar o meu currículo”, disse.

Assim como Saimo, a técnica de Enfermagem, Simone Costa, de 45 anos, encontrou no curso a oportunidade de capacitação que lhe faltava. E ela afirma que mesmo trabalhando há oito anos como cuidadora de idosos, aprendeu coisas novas e se sente mais capacitada hoje. “Eu vim para cá com uma expectativa e aqui minha expectativa foi superada. Já fiz outros cursos, mas ainda não tinha conseguido aprender em três meses o que aprendi aqui em duas semanas, então para mim foi muito gratificante. Eu amei o curso, e o que aprendemos aqui levaremos para o nosso trabalho, dando o nosso melhor”, declarou.

Para o supervisor Administrativo da unidade, Sandro Mendes, o sucesso do curso entre os alunos é reflexo da dedicação dos profissionais da unidade. “São profissionais com experiência no assunto abordado, que têm conhecimento para ministrar as aulas, e acredito que isso fica muito perceptível para os alunos”, concluiu.

A aluna Simone Costa também elogia a iniciativa da gestão do Hospital Galileu, que promoveu o curso pensando na comunidade em geral, especialmente na população idosa. “Achei muito bacana essa iniciativa, pois demonstra a preocupação do hospital com a população que está envelhecendo. Pois, como foi falado, estima-se que até 2050 vamos ter mais idosos do que crianças nascendo”, ressaltou.

Ação do Bem

O curso de “Cuidadores de Idosos” do Hospital Galileu faz parte das “50 Ações do Bem” da Pró-Saúde, que por meio da promoção de iniciativas que gerem bem-estar aos colaboradores, pacientes e comunidade em geral, celebra os 50 anos da entidade, completados em 2017.

A “Ações do Bem” chegam ao fim em dezembro deste ano, porém a gestão do hospital já confirma que o curso, que foi ofertado pela primeira vez em janeiro de 2017, continuará abrindo turmas em 2018. “Esse curso terá continuidade, pois desde a primeira turma percebemos que teve uma demanda muito grande e foi abraçado pela comunidade e pelos profissionais da unidade”, afirmou o supervisor Administrativo, Sandro Mendes.

De acordo com Mendes, a previsão é de que novas turmas sejam abertas em março e junho de 2018. Porém, por enquanto, a unidade não tem previsão de abrir um novo período de inscrições, já que ainda estão sendo chamadas as pessoas que se inscreveram no início do ano. “Seria injusto com quem se inscreveu no início do ano, se não o chamássemos para participar do curso. Foram cerca de 3.000 inscritos, e continuaremos chamando essas pessoas”, finalizou.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of